segunda-feira, agosto 15, 2022
33.3 C
Rio Branco
segunda-feira 15 agosto 2022

Doutor em sociologia da PUC/MG diz em palestra que Bocalom é exceção nacional

POR Assessoria

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) lançou, neste sábado (16), no Teatro da Universidade Federal do Acre (Ufac), os dados consolidados do Anuário de Indicadores de Violência no Acre referente ao período de 2012 a 2021. A publicação foi produzida pelo Observatório de Análise Criminal, setor que integra o Núcleo de Apoio Técnico (NAT), órgão auxiliar do MPAC.

O evento de lançamento contou, ainda, com a palestra do doutor em Sociologia, Luís Flávio Sapori, que abordou sobre “A dinâmica da criminalidade violenta na sociedade brasileira: percalços de um processo descivilizador”.
Durante sua palestra, Sapori disse que o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, é uma exceção nacional, pelo investimento no Projeto Rio Branco Mais Seguro.
“O senhor é uma exceção no Brasil. Com investimento no Projeto Rio Branco Mais Seguro”, enfatizou.
O projeto ousado e inovador é pioneiro dentre as cidades da Região Norte. Na primeira etapa, um sistema inteligente de vídeo monitoramento será implantado e vai abranger a Regional Seis de Agosto e o Centro. Vão ser acrescentados mais dezoito pontos de cerco eletrônico em vias estratégicas da cidade, somando-se aos sete já instalados pela Segurança Pública Estadual. O sistema vai estar ligado diretamente ao Centro Integrado de Comando e Controle de Operações da Segurança Pública Estadual, que vai acompanhar, em tempo real, a movimentação de veículos envolvidos em práticas criminosas.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img