segunda-feira, agosto 15, 2022
33.3 C
Rio Branco
segunda-feira 15 agosto 2022

Com reforço da Polícia Militar do Acre, região fronteiriça não registra ocorrências

POR Assessoria

Como parte do planejamento estratégico, o comando da Polícia Militar do Acre (PMAC) tem reforçado o policiamento ostensivo nas cidades fronteiriças do estado, como Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil, desde quarta-feira, 13. As ações consistem no emprego de Companhias do Batalhão de Operações Especiais (Bope) em reforço às guarnições do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM).

O reforço ao policiamento ostensivo conta com emprego de 40 policiais militares, diariamente escalados, sendo 20 deles do 5º BPM e outros 20 do BOPE, divididos no emprego das operações, que ocorreram simultaneamente nas cidades. A escolha dos locais onde está sendo empregado o efetivo é feita após estudo prévio dos pontos de maior incidência de ocorrências policiais.

Como resultado do reforço, que somou abordagens a 119 pessoas, as cidades não registraram ocorrências na noite desta quinta-feira, 14. O tenente-coronel Rômulo Modesto, comandante do Bope, destacou a importância da operação. “Planejamento da Dirop [Diretoria Operacional da PMAC], o Bope se deslocou às cidades no sentido de apoiar as ações preventivas do 5º Batalhão, procurando trazer uma maior sensação de segurança a essas comunidades”, disse.

As operações estão sendo realizadas tanto na área urbana quanto na rural das cidades, com o emprego do efetivo também nas rodovias, onde realizam abordagens aos veículos que transitam por elas. O comandante do 5º BPM, tenente Tales Rafael, enfatizou que o reforço às ações policiais continuará nas três cidades, contando com o apoio do Exército Brasileiro, que tem realizado operações nas pontes que dão acesso ao Brasil, pelos países vizinhos.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img