quarta-feira, agosto 10, 2022
26.3 C
Rio Branco
quarta-feira 10 agosto 2022

Bocalom assina decreto para prefeitura comprar da produção local e gerar mais renda aos rio-branquenses

POR Gina Menezes

Na manhã de quarta-feira (6), o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), assinou um decreto governamental para facilitar as compras pelo Executivo diretamente do comércio, indústria e construção local.

O objetivo do decreto, segundo o prefeito, é fazer com o que os recursos do Município, maior comprador local, fique em Rio Branco nas mãos do empresariado local.

“Queremos reduzir as desigualdades, levar oportunidades a todos, fomentar a geração de emprego. Mais um passo que damos para a geração de emprego e renda, mais um passo para que o dinheiro fique na nossa cidade mesmo. O dinheiro precisa ficar aqui. É preciso que fique claro que cabe ao poder público fomentar a geração de emprego e renda, ajudando na circulação de dinheiro”, diz.

Bocalom afirmou que ao buscar uma alternativa para realizar compras do empresariado local descobriu que havia uma lei sobre o assunto datada de 2013, mas que nunca foi efetivada por outras gestões.

“Fomos buscar e achamos uma lei de 2013. A lei estava parada sem regulamentação. Isso mostra o desinteresse do poder público municipal em dar oportunidade para nossas empresas. A prefeitura era um puxadinho do governo, mas nossa gestão tomou para si a responsabilidade. Iremos sair do básico e buscaremos crescer para dar oportunidade a nossos cidadãos”, diz.

O representante da Federação da Indústria, João Paulo de Assis Pereira, diz que a agenda de compras governamentais é uma das pautas mais importantes dos empresários locais e que com a iniciativa da gestão Bocalom o dinheiro irá circular mais vezes em Rio Branco.

“Assim toda a cadeia se move e o dinheiro circula até seis vezes mais na nossa economia local. Sem dúvida é uma grande ação da atual gestão”, diz.

Para Cid Ferreira, secretário municipal de Finanças de Rio Branco, o objetivo é fomentar a produção de embaixo impacto e levar oportunidades para todos.

“A compra municipal será feita mediante credenciamento e isso trará celeridade facilitando o crescimento da economia local”, diz.

Cid Ferreira também afirmou que a Prefeitura de Rio Branco irá preparar os empresários locais para se habilitarem a venderem para a municipalidade.

“Teremos audiências públicas nas 10 regionais para divulgar o programa e preparar as empresas”, finalizou.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img