quinta-feira, julho 7, 2022
29.3 C
Rio Branco
quinta-feira 07 julho 2022

Governo nega que morte de criança de 5 anos tenha sido por síndrome respiratória

POR Redação Folha do Acre

A Secretaria de Saúde negou que a morte de mais uma criança, de 5 anos de idade, ocorrida na quinta-feira,16, tenha sido em decorrência da síndrome respiratória grave ocasionada pelo vírus “sincicial respiratório”.

De acordo com o governo, a vítima é uma criança de 5 anos – sexo masculino. A causa da morte ocorreu por arritmia cardíaca, crise convulsiva e cardiopatia congênita. A vítima veio a óbito no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC). Na última terça-feira, 14, a saúde havia confirmado a décima morte por síndrome respiratória grave.

Recentemente, o Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) e a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa realizaram uma fiscalização no pronto-socorro da capital e detectaram falta de leitos e medicamentos.

Após inúmeros protestos de famíliares das vítimas, o governo abriu mais 20 novos leitos e decidiu transferir os pacientes das instalações e pacientes do Hospital da Criança de Rio Branco para o prédio do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Acre (Into-AC). A transferência de 63 crianças ocorreu no último fim de semana.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img