quarta-feira, agosto 10, 2022
26.3 C
Rio Branco
quarta-feira 10 agosto 2022

Atendendo a pedido de Leo de Brito, Câmara realiza audiência pública sobre feminicídio nesta terça-feira

POR Assessoria

O debate acontece em Brasília, mas poderá ser acompanhado pela internet e pela TV Câmara

Atendendo a um requerimento apresentado pelo deputado federal Leo de Brito (PT-AC) a Câmara dos Deputados realiza nesta terça-feira, 7, uma audiência pública para tratar sobre a necessidade de ações de combate ao feminicídio no Acre.

Para justificar a solicitação feita na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC), Leo de Brito utilizou dados do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que indicam que o Acre tem a maior taxa de de feminicídios do país.

“Em 2019, o Acre registrou 31 homicídios dolosos contra mulheres e, destes, 11 foram feminicídios, ou seja, casos em que mulheres foram mortas em crimes de ódio motivados pela condição de gênero”, lamentou o deputado, lembrando que em 2018, o Monitor da Violência já havia revelado que o Acre tinha a maior taxa de feminicídios do país, com 3,2 casos por 100 mil mulheres.

O debate ocorrerá no Plenário 9 da Câmara dos Deputados, com previsão para iniciar às 10h (hora de Brasília) e será transmitido ao vivo pela TV Câmara.

Foram convidados para a audiência pública, entre outros:

PATRÍCIA DE AMORIM RÊGO
Procuradora de Justiça e Coordenadora-Geral do Centro de Atendimento à Vítima CAV/MPAC

EVA EVANGELISTA
Desembargadora do Tribunal de Justiça do Acre

GIOVANA CASTELO BRANCO
Presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDIM/AC)

ISABELA FERNANDES
Diretora de Políticas Públicas para as Mulheres da Secretaria de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres do Acre (SEASDHM)

MADGE PORTO
Docente (Professora e Pesquisadora) na Universidade Federal do Acre (UFAC)

ISNAILDA GONDIM
Conselheira no Conselho Estadual dos Direitos da Mulher e Representante da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica.

TATIANA MARTINS
Presidente da Comissão da Mulher Advogada, da OAB/Acre

RUBBY RODRIGUES
Servidora do MPAC e Vice-Presidente da Associação das Travestis e Transexuais do Acre – ATTRAC

JAYCELENE BRASIL
Socióloga na Universidade Federal do Acre – UFAC

SHIRLEY DE OLIVEIRA HAGE MENEZES
Juíza de Direito da Vara de Proteção à Mulher da Comarca de Rio Branco/AC.

Horário e link

O debate acontece às 10h da manhã de forma presencial em Brasília, e 8h no Acre, podendo ser acompanhado pelo link abaixo ou pela TV Câmara.

cd.leg.br/edemocracia_2735

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img