quarta-feira, junho 29, 2022
32.3 C
Rio Branco
quarta-feira 29 junho 2022

Sindicalista presta depoimento por ofensas a Michelle Melo: “Não sou homofóbico”

POR Redação Folha do Acre

Sindicalista presta depoimento por comentário homofóbico a Michele Melo e volta a pedir desculpas: “não sou homofóbico”

Na manhã desta sexta-feira, 27, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil do Acre, José Adelmar Moura de Assis, conhecido como Dema Assis, prestou depoimento na delegacia de Polícia Civil no bairro Tucumã, em Rio Branco, para dar explicações acerca de um suposto comentário homofóbico dirigido a vereadora Michelle Melo (PDT) em março deste ano.

Na ocasião, ao delegado Pedro Henrique Resende, o sindicalista voltou a negar a prática de crime de homofobia à parlamentar pedetista. Segundo ele, inclusive, é eleitor da atual deputada federal Jéssica Sales (MDB) – que também mantém um relacionamento homoafetivo. Dema alegou que a publicação ocorreu “sem maldade”.

Por meio de suas redes sociais, Dema Assis, relatou que considera que o incidente é pequeno para tanta repercussão e avisou a Michelle que a situação ofende toda a classe de servidores da construção civil. “Não sou homofóbico. Um comunicado para todas as pessoas de bem do meu querido estado do Acre, as humilhações que este trabalhador está sofrendo hoje. Eu sou uma pessoa do bem trabalho há 36 anos na construção civil e sempre defendendo os direitos individuais e coletivos, por essa razão jamais iria fazer algo contra a dignidade de alguém”, declarou.

No início do ano, em uma postagem na rede social, ele publicou uma foto em que a parlamentar aparece sendo entrevistada em um programa de televisão e acrescentou a afirmação de que “só votaria em homem que gosta de mulher e em mulher que gosta de homem”.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img