quinta-feira, julho 7, 2022
29.3 C
Rio Branco
quinta-feira 07 julho 2022

Caminhão com carga de bolachas da Miragina é apreendido com 468 kg de cocaína

POR Redação Folha do Acre

Um caminhão que saiu se Rio Branco para o Rio Grande do Norte supostamente com uma carga de biscoitos água e sal da Miragina foi parado pela Polícia Rodoviária Federal em Poconé, na BR 070, em Mato Grosso e na fiscalização se descobriu 400 tabletes de drogas misturadas à carga, pesando mais de 468 kg.

Durante a fiscalização de rotina, foi solicitado que o condutor manobrasse o veículo de forma a colocá-lo em uma posição que não atrapalhasse os demais usuários da rodovia e também ficasse de forma segura. Entretanto, o motorista teve grande dificuldade em realizar tais manobras para estacionar o veículo, o que levantou a suspeita de que ele não fosse motorista profissional.

Ao ser questionado sobre a viagem, o motorista declarou havia carregado o caminhão em uma fábrica da Miragina em Rio Branco e que levaria o veículo para o estado do Rio Grande do Norte a pedido de uma pessoa a qual ele não conhece pessoalmente. O caminhão seria entregue para um terceiro que compraria o semirreboque, sem que o motorista soubesse o valor ou desse o nome de qualquer envolvido na viagem.

O motorista afirmou que levava uma carga de biscoitos água e sal em caixas, alegando ter acompanhado o carregamento e gravado um vídeo dentro da fábrica da Miragina, em Rio Branco. Mas ainda assim, não sabia o peso da carga e a nota fiscal apresentada possuía indícios de adulteração.

Em uma verificação no veículo e na carga, a PRF descobriu mais de 400 tabletes de drogas, que estavam escondidos nas caixas, embaixo dos pacotes de biscoito. O motorista reiterou que havia carregado a mercadoria em uma fábrica no Rio Branco/AC, da Miragina,com destino a Parnamirim/RN e que seu patrão solicitou que deixasse as carretas em um depósito de sua propriedade durante o final de semana. Relatou ainda que não conhece o contratante pessoalmente, apenas por conversa via aplicativo de mensagem.
Ao total foram apreendidos 468 kg de cocaína, o condutor foi detido, a princípio, pelo crime de tráfico de drogas e encaminhado à Delegacia da Polícia Federal de Cuiabá.

Posição da Miragina

A direção da empresa Miragina negou qualquer envolvimento com a carga apreendida em Mato Grosso. O diretor José Luís informou que apenas confirma a venda de uma carga de bolachas, que saiu incólume e devidamente vedada da fábrica e que a empresa acreana não tem responsabilidade sobre o manuseio após entrega.

A Miragina diz que aconteceu uma venda comum, com pagamento à vista pelo pix, no valor de R$ 50 mil. Que existe um vídeo mostrando o carregamento do caminhão na empresa e que aí termina a responsabilidade da fábrica acreana. Informa ainda que, no vídeo da Polícia Rodoviária é possível ver o policial confirmando adulteração nos adesivos de fechamento das caixas de biscoito, mostrando que a droga foi inserida após a venda. A empresa está colaborando com a polícia.

A Tribuna

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img