quarta-feira, junho 29, 2022
27.3 C
Rio Branco
quarta-feira 29 junho 2022

Após internação compulsória, “Pai me dá um real” volta a perambular pelas ruas de Rio Branco

POR Marcos Dione

O dependente químico Ivanildo Barata, conhecido como “Pai me dá um real”, foi visto nesta quarta-feira (18), novamente perambulando e pedindo esmola na região central de Rio Branco. Há 12 dias atrás ele foi internado de forma compulsória após uma determinação judicial.

A internação foi determinada pela juíza Olívia Maria Alves, da 5a Vara Cível da Comarca de Rio Branco, e cumprida numa ação conjunta entre a Secretaria de Assistência Social e a Secretaria de Saúde.

Com diagnóstico de tuberculose, o homem em situação de rua foi internado no Pronto Socorro para realizar o tratamento, mas devido ao vício em crack, fugiu do hospital e voltou a pedir esmola para consumir droga.

O ativista político Francisco Panthio foi abordado por Ivanildo Barata na Praça da Revolução, que fica entre a Prefeitura Municipal e o Quartel Geral da Polícia Militar. Nas redes sociais, Panthio disse que é preciso aprofundar o debate sobre a drogadição no estado.

“Hoje eu encontrei ele na rotina de perambular pelas ruas, uma prova de que é preciso aprofundar o debate sobre essa problemática e, além de debater, agir com alguma estratégia eficaz para amenizar um pouco essa triste realidade no nosso estado”, escreveu.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img