quinta-feira, julho 7, 2022
31.3 C
Rio Branco
quinta-feira 07 julho 2022

Após 2 anos sem aulas presenciais, alunos da Apae Rio Branco comemoram início do ano letivo na entidade

POR Assessoria

Para receber os estudantes, a direção da entidade realizou uma programação especial, planejada com muito amor e carinho

Teve início nesta segunda-feira, 23, na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) em Rio Branco, o ano letivo. As aulas, totalmente presenciais, foram retomadas após dois anos sem atividades na instituição de ensino especial, em decorrência da pandemia da covid-19.

Para receber os estudantes, a direção do Centro realizou uma programação especial, planejada com muito amor e carinho, como ressaltou Maria do Carmo, a “Carminha”, presidente da Apae na capital acreana.

“Hoje é um dia de muita alegria. Estamos voltando com as aulas presenciais. O retorno dos estudantes é motivo de satisfação não somente para a direção da entidade, mas para os pais e os próprios alunos, que aguardavam ansiosos por esse dia. Vale salientar que estamos cumprindo rigorosamente os cuidados de higiene, pois a pandemia ainda não acabou”.

O marceneiro Edmilson Ferreira de Araújo, de 63 anos, pai da Andreia de Souza, de 42 anos, que há quatro décadas é aluna da Apae, falou que sua filha estava ansiosa para o retorno das aulas.

“Andreia já é atendida pela entidade há cerca de 40 anos, desde muita pequena. Cuido dela junto com minha outra filha. Depois da morte da sua mãe, em 2010, ela ficou muito triste e depressiva, mas, graça a Deus, com o apoio de toda família apaeana, ela consegue superar os dias difíceis. Aqui é uma segunda casa para a Andreia, que estava bastante ansiosa para voltar a estudar no Centro, e rever os amigos”.

A professora Rosejane Souza, falou da satisfação em voltar a lecionar na instituição. “Estamos com muita alegria, retornando as atividades, apesar de algumas dificuldades. Esperamos que o poder público ajude mais a Apae, um local que acolher com muito carinho, amor e apreço todos os estudantes”, frisou a educadora.

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) em Rio Branco, atende mais de 300 alunos (crianças, jovens e adultos) nos turnos da manhã e tarde. No dia 30 de julho de 2022, a entidade completa 41 anos de fundação na capital acreana.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img