terça-feira, maio 17, 2022
21.3 C
Rio Branco
terça-feira 17 maio 2022

Secretários e diretores do governo pedem exoneração e serão candidatos em 2022

POR Redação Folha do Acre

Na edição do Diário Oficial desta sexta-feira, 1° de abril, o governo trouxe à tona as exonerações dos membros do primeiro e segundo escalões que serão candidatos em 2022. Foram desligados de seu cargos: Socorro Neri (Educação), Francineudo Costa (Iepetec), Tom Sérgio (Funtac), Coronel Carlos Batista (Bombeiros), Rômulo Grandidier (Casa Civil), Israel Milani (Secretaria de Meio Ambiente) e Alysson Bestene (Segov), Moisés Diniz (adjunto da Educação) e Arlenilson Cunha (Iapen).

Os substitutos

O policial penal Arlenilson Cunha, que será candidato a deputado estadual pelo PDT, será substituído por Glauber Feitoza, atual diretor operacional do Instituto de Administração Penitenciária.

Aberson Carvalho foi nomeado secretário de Educação, indicado por Socorro Neri. A professora deve ser candidata a deputada federal ou a vice-governadora na chapa encabeçada pelo governador Gladson Cameli.

O coronel Carlos Batista deixa o comando do Corpo de Bombeiros nesta sexta-feira (1º), durante solenidade, após pouco mais de quatro anos. Assume a corporação o também coronel Charles.

O contador Rômulo Grandidier deixa a Casa Civil para se dedicar a política. Grandidier tem possíveis três caminhos no pleito de 2022.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img