domingo, maio 22, 2022
32.3 C
Rio Branco
domingo 22 maio 2022

Leo de Brito denuncia situação precária da BR-364 e revela que acionará CGU e PF para apurar irregularidades em manutenção da rodovia

POR Assessoria

As péssimas condições de trafegabilidade e o risco de fechamento da BR-364 motivaram o deputado federal Leo de Brito (PT-AC) a denunciar a situação de umas das principais rodovias do Acre durante pronunciamento na tribuna da Câmara Federal nesta terça-feira, 26.

“O trabalho que está sendo feito de manutenção é um trabalho criminoso. Nós identificamos várias irregularidades. São máquinas paradas ao longo da rodovia, não está sendo feita a recuperação por trecho, apenas tapa-buracos, entre outras coisas. Diante disso, informo que vou encaminhar denúncia aos órgãos de controle, à Controladoria-Geral da União [CGU] e à Polícia Federal”, declarou Leo de Brito.

Além disso, o parlamentar informou que vai apresentar uma Proposta de Fiscalização Financeira e Controle (PFFC), na Câmara dos Deputados, para que haja investigação de irregularidades. “Esse é um dinheiro público, do contribuinte brasileiro que está indo pelo ralo. Enquanto, isso o povo está literalmente abandonado no Estado do Acre”, afirmou.

A BR-364, no trecho do Acre que liga Rio Branco ao Vale do Juruá, foi aberta ao tráfego de veículos pelo ex-presidente Lula. “Lula contou com a parceria dos governos estaduais do Partido dos Trabalhadores. A BR-364 é uma rodovia social, que integra o Estado do Acre, tira a região do Vale do Juruá do isolamento terrestre”, pontuou.

*Onde está o dinheiro?*

Leo de Brito lembrou que em 2017, o então senador Gladson Cameli anunciou a restauração da rodovia. Já em 2021, foi informado pelo Ministério dos Transportes que seria liberado R$ 285 milhões para fazer a manutenção da rodovia. E num segundo anuncio, foi informado que seriam destinados R$ 30 milhões, este ano, para as obras.

“O governo de Bolsonaro está enrolando o povo do Acre. Povo esse que deu a ele quase 80% dos votos na última eleição. Já disse e vou repetir: o presidente Jair Bolsonaro está de costas para o Acre. Não existe uma obra do governo de Bolsonaro no Acre”, enfatizou Leo de Brito.

O parlamentar petista acrescentou que existe um desgoverno de Norte a Sul, de Leste a Oeste do país. “Ano passado, o então ministro dos Transportes, Tarcísio de Freitas, disse que já estava licitando a restauração. Mas, pasmem, recentemente ficamos sabendo que nem sequer o projeto da obra foi feito. Isso é um absurdo e quem sofre é o povo do Acre. Não podemos aceitar isso”, finalizou.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img