quarta-feira, junho 29, 2022
32.3 C
Rio Branco
quarta-feira 29 junho 2022

Importação de armas de guerra dos EUA movimentou mais de 138 mil dólares no Acre

POR Redação Folha do Acre

Acre exportou US$ 9,342 milhões e importou, US$ 244,7 mil, o que resultou em um saldo de mais de 9 milhões de dólares no mês passado.

O balanço de exportações e importações divulgado pelo Ministério da Economia mostra que a importação de armas de guerra dos Estados Unidos movimentou mais de 138 mil dólares no Acre no mês de março.

O secretário estadual de Indústria, Ciência e Tecnologia do Acre, Assurbanipal Barbary de Mesquita, explicou que as importações foram de explosivos para mineração e que passaram pela fronteira do estado acreano com o Peru. Segundo ele, se trata de uma mudança de comportamento da logística que tornou essas importações mais viáveis pelo Acre.

“Está tendo uma dificuldade na questão logística no Chile e na Argentina para poder tramitar essas importações e está vindo tudo por aqui agora, ou seja, estão entrando vários desses insumos aqui pelo Acre. São empresas de São Paulo que importavam por outras fronteiras, mas como está tendo muita burocracia nesses países e está mais fácil entrar aqui pelo Peru. Então, essa é uma mudança de comportamento, que mostra que essa rota pelo Acre está agregando novas rotas de produtos”, disse o secretário.

Saldo recorde na balança

Os dados mostram ainda que a balança comercial do Acre, que mede exportação e importação do estado, registrou superávit de mais de 9 milhões de dólares no mês de março. O saldo é o dobro do registrado no mês de fevereiro.

O resultado é de superávit quanto as exportações superam as importações. Quando acontece o contrário, isto é, as importações superam as vendas externas, o resultado é deficitário.

Conforme o levantamento, o Acre exportou 9,342 milhões de dólares e importou, 244,7 mil dólares.

Com o resultado do mês, no acumulado do ano (janeiro e março), o estado acreano superou o saldo de 2021 em US$ 4,878 milhões, totalizando US$ 17,618 milhões, o que, segundo análise do Observatório do Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre, representa um novo recorde do comércio exterior para o período.

A produção de soja, milho e derivados representou 60% de todo valor exportado no mês passado. Seguido da castanha, madeira e derivados, que representaram 30,3% do total exportado.

Nos três primeiros meses do ano, os produtos florestais somam US$ 10.170 milhões, representando 56,6% dos produtos exportados pelo Acre. Em seguida, no trimestre, aparecem os produtos do agronegócios, a soja e milho, com 31,3% de todo valor exportado. Depois aparecem os derivados de bovinos e suínos, com 10,3%.

Produtos mais exportados

Soja, milho e derivados – 60%
Castanha – 18,7%
Madeira e derivados – 11,6%
Bovinos e derivados – 5,3%
Suínos e derivados – 1,69%

G1

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img