quarta-feira, maio 18, 2022
18.3 C
Rio Branco
quarta-feira 18 maio 2022

Durante assinatura do decreto que reduz o imposto sobre venda do bezerro, Nicolau diz: “O agronegócio é a saída para o Estado crescer”

POR Assessoria

O decreto que autoriza a redução da alíquota do ICMS sobre a venda de bezerros foi assinado na manhã desta segunda-feira (11), em solenidade realizada no auditório da Biblioteca Pública, em Rio Branco.

Os secretários, Amarisio Freitas, da SERAZ, Chico Thun, do IDAF e Jhonata Donadoni, da Casa Civil, assinaram o documento que vai reduzir 66,67% sobre a base de cálculo do ICMS e 4% da carga tributária sobre o valor da operação.

A autorização para que a receita fosse reduzida teve a participação imprescindível da Assembléia Legislativa, que intermediou as negociações entre a equipe econômica e os pecuaristas. O presidente da ALEAC, Nicolau Júnior, que acompanhou todas as etapas do processo, comemorou o avanço que vai permitir aos produtores exportar até 31 de agosto, 500 mil cabeças.

“A ALEAC foi procurada e colocamos a Casa do Povo à disposição dos senhores. O agronegócio é a saída para o Estado crescer. Estamos juntos com vocês para ajudar que isso continue acontecendo”, disse Nicolau.

Vice-presidente da Federação da Agricultura do Acre e presidente do Sindicato Rural de Rio Branco, Edvan Maciel, que também é criador , elogiou a política do governo para com o setor e o esforço dos deputados que permitiu que a proposta fosse materializada.
“Nunca senti tanta liberdade comercial, liberdade de pensar, de negociar, como temos nesse governo. Essa redução vem de encontro ao que nosso setor precisava”, comemorou.

O decreto deve ser publicada na edição desta terça feira, no Diário Oficial do Estado.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img