terça-feira, maio 17, 2022
21.3 C
Rio Branco
terça-feira 17 maio 2022

Acre é um dos quatro estados que ainda impedem aliança entre Lula e Alckmin

POR A Tribuna

Acre é um dos quatro estados que ainda interferem na Aliança Nacional entre o PT e o PSB. Os dois partidos anunciaram hoje a indicação de Geraldo Alckmin (PSB) para vice de Lula nas eleições presidenciais deste ano. A expectativa dos partidos é que o anúncio ajude a fortalecer a aliança já fechada verbalmente.

Entretanto, a própria Presidente Nacional do PT, Gleise Hoffmann admite que ainda há divergências entre os dois partidos e falta chegar a um consenso sobre candidaturas no Acre, em São Paulo, no Rio Grande do Sul e no Espírito Santo.

A partir do anúncio oficial da aliança entre Lula e Alckmin, os dois partidos começarão a debater soluções nesses estados ainda sem definição. O outro grande problema que era Pernambuco, foi solucionado com o apoio do PT ao candidato do PSB, deputado Danilo Cabral e a saída da deputada Marília Arraes do PT. para disputar o governo pelo Solidariedade, embora mantenha o apoio a Lula na eleição Nacional.

No Acre, existem resistências de integrantes do PT para apoiar o deputado estadual Jenilson Leite, em razão da união do PSB com o governador Gladson Cameli nas eleições da prefeitura da capital, em 2020, com a candidatura de Socorro Neri. Por isso, o PT insiste na candidatura de Jorge Viana a Governador, mesmo que o ex-senador e o PT Prefiram não que ele dispute o Senado. A partir de agora, este problema será tratado pela cúpula dos partidos.

 

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img