quarta-feira, maio 18, 2022
18.3 C
Rio Branco
quarta-feira 18 maio 2022

Após 13 anos, Normando Sales volta ao PSDB como um dos “coringas” do partido

POR Gina Menezes

Longe do PSDB desde 2010, o ex-deputado e empresário do setor ambiental, Normando Sales, retornou às fileiras do partido em um ato de filiação na tarde de quarta-feira (30).

Um dos nomes mais conhecidos da política acreana, Normando foi bastante prestigiado e afirmou que entra no partido como um soldado pronto para ajudar.

“Estou aqui para somar, se for para ser candidato serei, se for para balançar bandeira como já fiz tantas vezes eu irei”, diz.

Normando afirmou que defende a geração de riquezas para as famílias do Acre e que trabalhará por dias melhores.

“Eu creio que posso contribuir e defendo um Acre mais rico, que seja rico para as pessoas e não apenas para meia dúzia de privilegiados. Somos um lugar promissor e que podemos gerar riquezas para nossa gente”.

Normando Sales, que se desligou do cargo de secretário Municipal de Meio Ambiente e Mudanças Climáticas de Rio Branco na última segunda-feira, dia 28, deve concorrer, nas eleições de outubro, a uma cadeira de deputado federal.

Sales é conhecido como “coringa” da política acreana, e caminha entre todos os grupos, seja de direta ou esquerda.

“Estou voltando ao ninho tucano com o desejo intenso de discutir ainda mais a política partidária, de discutir e sugerir novas estratégias de geração de riqueza para a nossa gente, e isso vai, certamente, melhorar a vida da nossa população, da nossa gente, do nosso Acre. Somos aprendizes e, ao mesmo tempo, temos nossas experiências para compartilhar com os amigos do partido. Volto ao PSDB com o coração feliz, cheio de gratidão e disposto a ajudar no desenvolvimento do nosso estado e do nosso partido. Obrigado, de coração, a todos os amigos e amigas, e à minha família, pelo apoio neste momento”, pontua o empresário.

Bem relacionado, Sales já foi prefeito de Sena Madureira e tentou uma cadeira em Brasília em 2014, pelo Democratas, obtendo quase 10 mil votos. Após participar do Conselho Político do Palácio Rio Branco, até janeiro de 2021, se afastou das funções para auxiliar o prefeito Tião Bocalom, que acabava de assumir o posto de prefeito da capital. Após 14 meses, entregou o cargo para tentar voltar à vida política partidária. Sales não confirma que será candidato, mas também não nega.

A filiação de Normando ocorreu na sede da executiva regional do PSDB no Acre, na Avenida Antonio da Rocha Viana, bairro Vila Ivonete, e foi prestigiada pelo senador da República, Márcio Bittar, e pela pré-candidata ao Senado, pelo União Brasil, Márcia Bittar. A ficha de filiação foi abonada pelo presidente regional da sigla, Manoel Pedro, o Correinha, um dos responsáveis pela volta de Sales à sigla tucana.

Correinha destacou que a formação dos quadros do partido está sendo pensada há vários meses e tem se intensificado nas últimas semanas. “Muitos aqui já passaram por esta casa, e agora estão voltando. O Normando é um exemplo, pois conhece todo esse partido, a história e cada tijolo dessa nossa casa, desse nosso PSDB. Assim como o Beyruth, que nunca se afastou da política e sempre esteve com o consultório dele de portas abertas para a nossa população. O PSDB, meu amigos, é como uma fênix que sempre ressurge das cinzas”, pontuou Manoel Pedro ao comemorar as novas adesões ao partido tucano.

OUTROS NOMES – Além de Normando Sales, também se filiaram ao PSDB o secretário de Indústria e Tecnologia do Acre, Assurbanipal Barbary; os empresários Leôncio Castro e Rodiley Estrela; e o médico Luiz Beyruth, que deve emplacar uma suplência de senador na chapa encabeçada por Gladson Cameli.

O senador Márcio Bittar (União Brasil) comentou acerca dinumerada de partidos no país, e apontou a necessidade dos partidos em eleger deputados federais, uma vez que esse quantitativo é que leva ao melhor tempo de televisão e divisão do fundo partidário. “Qual o deputado que vai ficar tranquilo enquanto olha para um partido e não se enxerga em uma chapa? Você não ganhar porque o seu partido não fez legenda, é muito ruim”, avalia o senador Bolsonarista.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img