quarta-feira, junho 29, 2022
32.3 C
Rio Branco
quarta-feira 29 junho 2022

“O governador não é investigado”, diz delegado sobre “Operação Status Debitum”

POR Marcos Dione

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (21), o Delegado Geral da Polícia Civil do Acre, Josemar Moreira Portes, disse que o governador Gladson Cameli (Progressistas) e nenhum de seus familiares figuram como investigados na “Operação Status Debitum”.

“O governador não é investigado. Posso garantir que o governador não é investigado e também nenhum familiar. E existe interesse dele que tudo seja elucidado”, diz.

A operação, segundo o delegado, ocorreu em decorrência de uma denúncia realizada no ano passado à Polícia Federal, dando conta do pagamento indevido de precatórios.

“Ela foi desencadeada para colher elementos que podem comprovar ou não o que foi falado na denúncia. O objetivo é colher elementos para investigar o que foi alegado anteriormente. O nosso trabalho é elucidar”, acrescentou.

Precatórios são dívidas pagas pelo governo por ordem judicial. O que está sob apuração no Acre é a existência de um esquema que espetaria nos cofres públicos a conta de honorários advocatícios fixados em acordos privados de compra e venda de precatórios. Ao menos 20 milhões de reais podem ter sido desviados dessa forma.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img