sábado, janeiro 22, 2022
23.3 C
Rio Branco
sábado 22 janeiro 2022

Pouco mais de 50% da população do Acre está empregada, aponta pesquisa

POR Assessoria

Levantamento feito junto a 400 entrevistados aponta também que, da população sem emprego, 33% conta estar desempregada em tempo superior a 02 anos

Segundo pesquisa realizada nos dias 17 e 18 de dezembro pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio/AC) em parceria com o Data Control Instituto de Pesquisas de Rio Branco, ao menos 50,5% da população rio-branquense tem ocupação econômica. O estudo aponta ainda que, da população desempregada, 39,2% não está mais à procura de trabalho; 23,3% procura há pelo menos 01 ano; e 25,1% há mais de 01 ano.

O levantamento feito junto a 400 entrevistados aponta também que, da população sem emprego, 33% conta estar desempregada em tempo superior a 02 anos; outra parcela, de 17,6%, admite não lembrar sequer o tempo em que está desempregada.

Nos últimos 12 meses, o percentual de 67,8% da população empregada permanece no mesmo emprego, enquanto 10,8% experimentam mudança. Do percentual da mostra, 21,5% admitem contar com emprego há mais de 12 meses.

O estudo aborda aspectos quanto ao meio de locomoção da população empregada, sendo utilizado o transporte coletivo (22,5%), motocicleta (18,8%) e carro (11,5%), além da bicicleta (8,5%) e deslocamento a pé (8,5%). Dos entrevistados, 27,3% admitem residir longe do local de trabalho; e 17,8% consideram ser perto.

O levantamento informa ainda que, da população empregada, 30,8% não têm lugar fixo. Quanto à parcela com local fixo de trabalho, 26% são vinculadas a comércios, 19% a empresas de serviços e 14,5% ao serviço público. Os demais, 6,3% trabalham no setor agrícola e 3,5% na indústria.

Com o aumento de 4,24% do custo da cesta básica de alimentos em relação ao salário mínimo vigente, conforme última pesquisa realizada pela Fecomércio/AC, apenas 28% da população demonstra satisfação quanto à suficiência da renda mensal para produtos de necessidades básicas e 11,5% demonstração imprecisão, visto que 66,8% da população sobrevive com até R$ 1.000 mensal e 23,3%, com renda entre R$ 1.000,00 a R$ 2.000.

A pesquisa conclui que, das pessoas que contribuem com as despesas domésticas de uma mesma família, 46% da população conta apenas com 01 e 41,5%, com 02, 12% têm mais 03.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img