segunda-feira, janeiro 24, 2022
23.3 C
Rio Branco
segunda-feira 24 janeiro 2022

‘Nenhuma empresa quer atuar em Rio Branco’, diz Bocalom sobre crise no transporte coletivo

POR GINA MENEZES

Não há perspectiva de melhoras no transporte coletivo em Rio Branco que vive sob decreto de emergência desde que a empresa Viação Floresta, uma das que recebeu aporte financeiro por parte da prefeitura, abandonou os serviços.

Em entrevista coletiva concedida na manhã de segunda-feira (3), o prefeito Tião Bocalom afirmou que nenhuma empresa que atuar na Capital Rio Branco.

Vivendo sob situação de emergência desde o dia 21 de dezembro, Rio Branco conta apenas com pouco menos de 70 ônibus para atender toda a população e não há  perspectiva de que outra empresa venha a atuar na Capital.
Não tem uma empresa que queira atuar aqui porque não está dando lucro e essa situação caótica do transporte público se estende desde muitos anos. Não é fácil. Estamos fazendo tudo o que podemos para resolver essa situação que afeta tanto a população de Rio Branco”, frisou.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img