sábado, janeiro 22, 2022
23.3 C
Rio Branco
sábado 22 janeiro 2022

Acreanos fazem filas em lotéricas para apostar na Mega da Virada

POR Redação Folha do Acre

Prêmio será de R$ 350 milhões e o sorteio ocorrerá nesta sexta-feira, 31, a partir das 20h

A poucos dias do Réveillon, muitas pessoas buscam soluções para organizar a vida financeira no novo ano que se inicia. Com prêmio estimado em R$ 350 milhões, a Mega da Virada, da Caixa Econômica Federal, atrai quem vê na sorte a oportunidade de mudar de vida. As lotéricas estavam bem movimentadas na tarde de ontem, com pessoas apostando sozinhas ou em bolões. Os jogos podem ser feitos até sexta-feira (31), às 17h, pelo preço unitário de R$ 4,5. Antes disso, é possível comparecer a um desses pontos entre 7h30 e 19h. O sorteio será no último dia do ano, a partir das 20h.

Em uma agência localizada no Bosque já havia fila para comprar bilhetes de aposta. Segundo um atendente, o fluxo de pessoas se intensificou muito nos últimos dias e deve aumentar até o fim do ano. “O movimento está muito grande. Já estava bem intenso na última semana, mas agora acho que será ainda mais nos próximos dias. Um dos motivos é o prêmio; muito alto”, comentou. O melhor horário para evitar filas, de acordo com ele, é entre 12h30 e 16h. Ele destacou que clientes Caixa podem fazer as apostas pelo site ou aplicativo do banco, e o valor é debitado diretamente da conta.

O pecuarista Evaldo Fernandes, de 63 anos, estava na agência da Lotérica com a esposa, Eva Pereira, dona de casa de 37, comprando um bilhete da Mega da Virada. Ele conta que participa do concurso quase todos os anos e que o interesse surgiu após ouvir falar das pessoas que ganharam os prêmios. “Tenho esperanças. Acho que, se ganhasse, iria investir a maior parte e, claro, ajudar os familiares”, afirmou Evaldo.

Outra agência, localizada no Centro tinha filas ainda maiores. Um dos compradores era o auxiliar administrativo Fabrício Vasconcelos, de 45 anos, que não passa um ano sem apostar. No caso dele, o costume surgiu ainda na infância, influenciado pelo pai. Hoje, Fabrício leva a filha para apostar junto com ele.

Com informações A Tribuna

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img