sábado, janeiro 22, 2022
23.3 C
Rio Branco
sábado 22 janeiro 2022

Jovem confessa ter matado gamer de Free Fire por ciúmes de garota de 13 anos

POR Marcos Dione

A morte do gamer Antônio Carlos Coutinho, de 20 anos, no último dia 30 de novembro, em Rio Branco, conforme a Polícia Civil, não foi latrocínio (roubo seguido de morte) e sim um crime passional motivado por ciúmes de uma garota de 13 anos. O namorado dela, Evancley Gomes, de 18 anos, foi preso e confessou a autoria.

Antônio seguia de bicicleta pela Rodovia AC-40, na Vila Acre, quando foi surpreendido por Evancley. O criminoso desferiu um golpe no pescoço da vítima e fugiu levando sua bicicleta. Antônio ainda foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de (SAMU), mas morreu logo após dar entrada no Pronto Socorro.

Após ter a prisão preventiva decretada pela Justiça, o autor do crime decidiu se entregar à polícia acompanhado por uma advogada. O delegado Marcos Cabral disse que a investigação já havia constatado que Evancley era realmente quem tinha matado o jovem.

“A advogada dele ligou para que ele se entregasse em um local que ambos consideraram seguro, pois já sabiam que a investigação já teria o identificado como autor”, afirmou o delegado.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img