quinta-feira, dezembro 2, 2021
27.3 C
Rio Branco
quinta-feira 02 dezembro 2021

Rio Branco segue entre as piores capitais em ranking de competitividade

POR Redação Folha do Acre

Divulgada nesta semana, a 2ª edição do Ranking de Competitividade dos Municípios, realizado pelo Centro de Liderança Pública, traz Rio Branco na 21ª colocação, com 50,4 pontos. A capital do Acre está melhor posicionada que Maceió, Aracaju, Porto Velho, Macapá e Belém.

No ranqueamento geral, levando em conta todos os municípios elegíveis, Rio Branco ocupa a posição de número 207. Segundo o CLP, a capital acreana subiu 47 posições em relação ao ranking do ano passado. Segurança pública, acesso à educação, inovação e dinamismo econômico e inserção econômica são os grandes gargalos detectados pela CLP para a capital acreana consolidar-se como município competitivo.

Fatores como acesso à saúde, telecomunicações, e saneamento ajudaram a melhorar o desempenho.

O levantamento tem o objetivo de mostrar como a competição no setor público é um elemento fundamental à promoção da justiça, equidade e desenvolvimento econômico e social dos municípios para garantir serviços públicos de mais qualidade à população.
Nesta segunda edição do Ranking de Competitividade dos Municípios, foram avaliados os municípios brasileiros com população superior a 80 mil habitantes pela estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2019. Neste cenário, 411 cidades compõem o levantamento, correspondendo a 59,75% da população brasileira (126,52 milhões de habitantes). Em 2020, 405 municípios foram avaliados.

Todos os municípios foram avaliados a partir de 65 indicadores, distribuídos em 13 pilares temáticos e 3 dimensões consideradas fundamentais para a promoção da competitividade e melhoria da gestão pública dos municípios brasileiros. Os pilares são: Sustentabilidade Fiscal, Funcionamento da Máquina Pública, Meio Ambiente, Acesso à Saúde, Qualidade da Saúde, Acesso à Educação, Qualidade da Educação, Segurança, Saneamento e Meio Ambiente, Inserção Econômica, Inovação e Dinamismo Econômico, Capital Humano e Telecomunicações.

Entre as capitais, Florianópolis é líder e Belém, lanterna.

“A cidade melhor colocada na região foi a capital de Tocantins, Palmas, que ocupa a 61ª colocação, uma melhora de seis posições. Além de Palmas, houve uma melhora expressiva de posicionamento no ranking geral entre os primeiros colocados da região Norte: Manaus (AM), Boa Vista (RR), Ji-Paraná (RO), Rio Branco (AC) e Parauapebas (PA), na 145ª, 192ª, 196ª, 207ª e 225ª colocações, respectivamente. Todas essas cidades obtiveram expressivo ganho de posições, contribuindo para que, na média, um município da região ocupe a posição de número 327 no ranking geral, uma melhora de cinco posições em relação à última edição”, diz o Centro de Liderança Pública.

Ac24horas

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img