quinta-feira, dezembro 2, 2021
30.3 C
Rio Branco
quinta-feira 02 dezembro 2021

Frank Lima ainda pode estar mandando na Secretaria de Saúde de Rio Branco

POR GINA MENEZES
Uma verdadeira celeuma se instalou na Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco com denúncias de perseguições, relações de parentescos não naturais em ambiente de trabalho e tudo piorou no último sábado (13) quando a direção da secretaria emitiu uma confusa nota dizendo que o prefeito Tião Bocalom, o secretário da Casa Civil, Valtim José da Silva, e até Frank Lima, afastado por acusação de assédio moral e sexual, sabem do que acontece na pasta.
A declaração de que Frank indicou a irmã da atual secretária pode constituir a prova inequívoca que mesmo afastado o secretário acusado de assédio e investigado pelo MP pode estar comandando a Semsa.
Veja a nota a seguir:
Nota de esclarecimento 
1- O clima dentro da semsa está normal, e com muito trabalho sendo executado pelos profissionais que estão buscando melhorar as
Condições de atendimento à população que mais precisa.
2- As decisões de mudança de apenas dois cargos dentro da semsa, foram tomadas em
Comum acordo e exposições de motivos, com o prefeito e casa civil.
3- A irmã da diretora de assistência é servidora municipal concursada, tendo como formação contabilidade, a mesma trabalhava no conselho municipal de saúde, o secretário Frank Lima a trouxe para o fundo considerando seus conhecimentos, vale
Ressaltar que a mesma não exercer nenhum cargo de chefia, nem mesmo é responsável direta que
Necessite assinar documentos.
4- A irmã da secretária Sheila Andrade está com a gestão desde fevereiro, um dos últimos atos feitos pelo secretário afastado foi lota-lá no programa Medicamento em casa, nesse mesmo documento realizou outras trocas de funcionários. Tudo devido a necessidade de pessoas nos referidos locais.
A mesma é meramente funcionária, não é chefe nem
Responsável direta por nada dentro do programa, pois para referida chefia se faz necessário ser um farmacêutico (a); o programa medicamento em casa não realiza termo de referência, não realizar aquisição direta de medicamentos, as notas
Fiscais não passam por esse setor.
5- A semsa está de
Portas abertas para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários sobre gestão, da mesma forma como os documentos comprobatórios são públicos. E creio que os servidores quando procurados tem livre arbítrio para expor suas opiniões sobre a gestão da secretária em
Exercício.
Ressalto que a pessoa de confiança do secretário afastado é a atual secretária em exercício, que foi indicada por ele pelos seus conhecimentos de gestão, a qual conhece de vários anos, dessa forma, suas tomadas de decisões são todas pensando em melhorar a gestão.
Att,
Sheila Andrade Vieira
Secretária municipal de saúde, em exercício

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img