domingo, dezembro 5, 2021
24.3 C
Rio Branco
domingo 05 dezembro 2021

Volta à faixa amarela gera confusão entre Comitê e produtores de shows do Gusttavo Lima

POR Redação

O retorno da classificação de risco da pandemia de Covid-19 ao nível de atenção (bandeira amarela) tem gerado confusão entre o estado, produtores de eventos e o próprio público no Acre. Isso porque, enquanto diversos shows e eventos são marcados e divulgados, o Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 no estado diz que shows com grande presença de público ainda não estão com realização autorizada desde o início de novembro.

Ocorre que este mês está repleto de atividades festivas marcadas em Rio Branco, assim como 1° de dezembro, que deve sediar a apresentação do cantor Gusttavo Lima. Antecipando-se a qualquer desentendimento, os organizadores do show do “Embaixador” atestam que o evento irá ocorrer, mas que modificaram a forma como vinham divulgando o evento enquanto o estado ainda se mantinha na faixa verde, com todas as atividades liberadas.

Ao ac24horas, a JRF Eventos, empresa responsável por trazer o artista, afirmou que o formato do show do Gusttavo Lima foi alterado. “O evento, que normalmente é praticado na feira agropecuária, será realizado em um espaço amplo, com mais de 14.257 metros quadrados, ou seja, com capacidade para mais de 27 mil pessoas”. As autoridades estaduais disseram à reportagem que shows com grande presença de público ainda não estão com realização autorizada pelo que é disposto na Resolução 18 do Comitê. “Até agora os organizadores do referido evento não procuraram o Comitê para discutir sua realização”, informaram.

A organização do show do Gusttavo Lima afirma estar limitando todos os espaços conforme a bandeira vigente e trabalhará com o público de, no máximo, 14 mil pessoas. “Desde o início da nossa campanha, estamos informando que os ingressos são limitados e o público tem entendido. Mesmo tendo espaço útil, esgotamos os camarotes individuais, estamos esgotando o backstage e o espaço open bar também será limitado”.

Durante o evento, serão distribuídos álcool em gel e máscara logo na entrada. Também será exigida a carteira de vacinação. “Todos os cuidados a fim de mitigar os riscos, serão tomados. Salientamos que precisamos passar por esse momento de transição, que vários eventos já aconteceram e a vida precisa, com todo cuidado e responsabilidade, começar a voltar ao normal”, destaca a produção.

O setor de eventos foi um dos mais afetados pela pandemia. Só no Acre, mais de R$ 100 milhões deixaram de circular com o fechamento de todas as atividades envolvendo público no pico da contaminação pelo coronavírus. “Num show como esse, são gerados 670 empregos diretos. Para se ter ideia, não tem mais agenda de salões, maquiadoras, barbeiros e outros do gênero para o dia do show”, ressalta a JRF Eventos.

O local onde o show de Gusttavo deve ocorrer foi adaptado para se encaixar nas normas da bandeira amarela, segundo os organizadores, em outro sentido maior e mais largo, permitindo distanciamento entre as pessoas. “Hoje estamos trabalhando na capacidade que eles [Comitê] mesmo estipulam. Hoje teríamos no máximo 14 mil pessoas. É esse público que estamos trabalhando, com a capacidade de 50%”.

Eles ainda fazem campanha para, caso algum comprador do ingresso tenha sintomas de Covid-19, não vá ao show, sendo ressarcido com o valor mesmo que informe à organização no dia do evento. A produção diz estar preparando a metragem do evento para apresentar nesta quinta-feira, 12. Além do “Embaixador”, também estão previstos shows de Hugo e Guilherme no dia 27 de novembro e MC Poze em 15 de novembro. Cogita-se ainda a vinda dos cantores João Gomes e Zé Vaqueiro.

Ac24horas

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img