sábado, dezembro 4, 2021
25.3 C
Rio Branco
sábado 04 dezembro 2021

Feijó: Leo de Brito denuncia descaso com comunidades rurais, falta de professores e estrutura para o retorno às aulas presenciais

POR Assessoria

O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) cumpriu agendas em Feijó, neste fim de semana. Entre os compromissos, reuniu-se com o prefeito Kiefer Cavalcante, para anunciar a destinação de R$ 800 mil em emendas para investimentos na saúde e em infraestrutura, na melhoria de ramais e construção de pontes.

“Tenho procurado ajudar todos os municípios do Acre com minhas emendas, independente de partido político. Em Feijó, esses recursos serão utilizados na realização de atendimentos de saúde itinerante nas comunidades ribeirinhas, e também para garantir infraestrutura na trafegabilidade em ramais e construção de pontes”, detalhou o deputado.

Descaso com a educação

Leo de Brito visitou as escolas Eiraldo Carneiro e Imaculada Conceição para acompanhar o retorno às aulas presenciais, também vistoriou a obra da quadra de esportes que está sendo construída com recursos de emenda do seu mandato na Escola Estadual Nanzio Magalhães. A diretora da escola, Marinez Dantas, agradeceu o deputado e destacou que o equipamento esportivo é a realização de um sonho.

“Nossa escola atende hoje 600 alunos do sexto ao nono ano, garantir que esses alunos tenham acesso ao esporte, ao lazer e a segurança de fazer isso dentro do espaço escolar é realmente um sonho. Um sonho da comunidade, dos professores, da gestão, que a partir dessa emenda do deputado Leo de Brito está se tornando realidade para a nossa comunidade. Nosso coração é grato”, disse a diretora.

Já o deputado, que também é professor, aproveitou para reafirmar o compromisso do seu mandato com a educação. “As visitas nas escolas servem para reafirmar o compromisso do meu mandato com a educação. Eu, que também sou professor, quero destacar minha admiração pelo esforço dos professores nessa pandemia, eles que se desdobraram para evitar que os prejuízos aos alunos fossem ainda maiores, mas infelizmente, com o retorno às aulas presenciais ainda estamos nos deparando com muitas dificuldades, sobretudo pela falta de planejamento e organização do governo do Estado, da secretaria de Educação, que nesse um ano e sete meses de pandemia não promoveu as adequações necessárias e as reformas nas escolas. Falta merenda em algumas unidades, entre outras coisas. Vou denunciar esse descaso na Tribuna da Câmara, em Brasília, e cobrar as autoridades competentes que tenham mais zelo e compromisso com a educação”, pontuou o parlamentar.

Comunidades rurais abandonadas

Leo de Brito visitou famílias da comunidade São Sebastião, distante cerca de duas horas e meia de Feijó, subindo o igarapé Diabinho, onde residem aproximadamente 40 famílias. Os moradores relataram ao parlamentar a falta de apoio do governo do Estado na melhoria de ramais, que já neste início de inverno amazônico estão intrafegáveis, porque segundo eles, o governo não fez manutenção durante o verão. A comunidade reclamou ainda da falta de apoio por parte da Secretaria de Produção com assistência técnica, máquinas e, também denunciaram que faltam de professores na Escola Estadual Francisco Carlos Veloso, localizada no Ramal do Kampo.

“Nossa comunidade está abandonada! Não temos assistência de nada por parte do governo. Os ramais não têm trafegabilidade, nossa única alternativa de acesso é pelo rio. Não temos apoio com assistência técnica, coisa que já tivemos muito no passando. Até os alunos estão sem aula por falta de professores. É uma situação muito difícil”, afirma Elevir Linhares, ex-presidente da Associação de Produtores do São Sebastião.

Acompanhado do presidente da Federação dos Trabalhadores em Agricultura (Fetacre), Sergioni Paiva e da presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Feijó, Rosa Maria de Sousa, o parlamentar acreano também se reuniu com cerca de 40 produtores rurais do quilometro 50, onde debateram questões fundiárias e o direito ao uso da terra.

Os produtores denunciaram que estão sofrendo ameaças de madeireiros da região. “O direito está do lado de vocês. Vocês não estão sozinhos. Está aqui um deputado federal que defende vocês. Estamos juntos nessa luta”, garantiu Leo de Brito.

Manutenção da BR

Léo de Brito denunciou ainda as péssimas condições de trafegabilidade da BR 364. “Estamos exigindo do DNIT tanto a manutenção quanto o projeto de reconstrução que foi prometido para esse ano, já temos o registro de muitos acidentes naquele trecho até Feijó em razão dos pontos críticos de buracos, desbarrancamentos, e agora com o início das chuvas a situação deve se agravar, precisamos de providências urgentes!”, finalizou o parlamentar.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img