quinta-feira, dezembro 2, 2021
26.3 C
Rio Branco
quinta-feira 02 dezembro 2021

Edvaldo diz que ‘pintaram’ Gladson de verde durante participação dele na COP26

POR Assessoria

O deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB) comentou a respeito da agenda do governador Gladson Cameli (PP) em Glasgow, na Escócia, durante a COP 26. O parlamentar acreano disse que Gladson apresentou um discurso preservacionista que não condiz com a realidade do Acre e com as diretrizes de governo.

Edvaldo Magalhães citou que o discurso de Gladson, em um vídeo divulgado pela assessoria, mas parece o ativista indígena Isaac Pianko ou o ex-governador Binho Marques falando.

“Se não tivesse o tom de voz, você diria: ‘foi o Binho Marques que disse isso aqui’. O Jorge Viana virou “desmatador” na frente do governador Gladson Cameli. Um discurso que não condiz com nada das diretrizes e metas governamentais. O governador foi literalmente pintado de verde na Conferência do Clima”, disse Edvaldo Magalhães.

A respeito da crise instalada no governo do Estado, entre o vice-governador Major Rocha e o governador Gladson Cameli, Edvaldo disse que existe “uma espécie de pacto do silêncio”.

“É uma crise política sem precedentes. Essa crise é mais de fundo. É mais grave. Essa crise tem mais consequências. Muitos já querem correr e entrar no mérito. Não quero fazer isso. Quero chamar a atenção do plenário para as consequências políticas que têm graves consequências administrativas. O governador vai pensar 10 vezes antes de viajar. E o vice-governador vai estar preparando cada vez mais medidas para quando o governador viajar. Ambos prometeram que trariam um tempo novo para o Acre. Foi isso que prometeram e não entregaram”, pontuou.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img