quinta-feira, dezembro 2, 2021
26.3 C
Rio Branco
quinta-feira 02 dezembro 2021

Quase 60% dos empresários de Rio Branco pretendem contratar no final do ano

POR Assessoria

Ao menos 57% do empresariado rio-branquenses acena positivamente para contratação de pessoal sob regime temporário para o quarto bimestre de 2021. As informações são de pesquisa realizada pela Fecomércio/AC em parceria com o Data Control Instituto de Pesquisas de Rio Branco entre os últimos dias 26 e 27 de outubro junto a 120 empresários do comércio de bens, serviços e turismo da capital acreana.

Ainda segundo a pesquisa, outros 10% apresentam dúvidas quanto à contratação, e uma parcela de 33% é enfática ao dizer que não deve contratar. Dentre os motivos para contratação temporária, 66% dos empresários apontam o tradicional aumento de vendas para o período (43%), possibilidade de resgate do nível adequado das vendas, diminuído ao longo do ano (16%) e a melhora sempre aguardada nas proximidades do encerramento do ano (5%)e, excepcionalmente, o motivo da proporção de pesquisas vacinadas contra a Covid-19, que permite maior aglomeração, sob protocolo, no recinto do comércio local (2%). Os outros 34% se omitem quanto à manifestação de pedidos.

Quanto ao número de contratos previstos, 42% dos empresários admitem até 2; 16%, entre 3 e 4; 7%, entre 5 e 6; e 4%, mais de 7. Uma parcela de 32% dos entrevistados não se posicionou quanto ao questionamento.

A pesquisa avalia ainda que, para 55% dos empresários sem motivação para contratar, a justificativa é de que o histórico de vendas em 2021 se apresenta deficitário, de modo que, certamente, os fatores negativos da economia, inflação e câmbio podem manter a situação atual. Outros 11% afirmam que, por serem proprietários de empresas de pequeno porte, não necessitam de reforço de Recursos Humanos (RH) para as vendas do final de ano; 26% não justificam eventual desmotivação para contratação de pessoal, e 8% se omitem à questão.

De acordo com um dos responsáveis pela pesquisa, o consultor da presidência da Fecomércio/AC, Egídio Garó, reforça que, em resumo, para as vendas de final de ano, o empresário do comércio deve contratar mão-de-obra temporária, o que deve iniciar-se logo em meados de novembro, nos preparativos para a Black Friday, evento inicial de final de ano e que se estende até o Natal. Boa oportunidade para aqueles que desejam ingressar no mercado de trabalho.

Quem foi estudado

Dos entrevistados, 30,8% são do ramo de confecções; 9,2%, de variedades; 6,7% de supermercados; e 5,8%, de eletrodomésticos.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img