quinta-feira, dezembro 2, 2021
30.3 C
Rio Branco
quinta-feira 02 dezembro 2021

Deputada Vanda Milani anuncia R$ 18 milhões para Orla do Rio Acre, em Brasileia

POR Assessoria

A deputada federal Vanda Milani (Solidariedade-Ac) anunciou em Brasileia, durante a terceira edição do projeto Carreta Ambiental, nos dias 21, 22 e 23, investimentos na ordem de R$ 18 milhões para a construção da Orla do rio Acre no município. Os recursos serão destinados através de emendas da parlamentar e executados pela prefeitura.

“Atendemos a um pedido da prefeita Fernanda Hassem que trouxe junto com a vereadora Arlete Amaral uma demanda dos pescadores. Para diminuir a burocracia e a obra começar a ser executada ainda em 2022, vamos destinar o montante direto para o município”, garantiu Vanda Milani.

Ela explicou que o total de R$ 18 milhões será liberado em duas etapas: “R$ 9 milhões no orçamento de 2021 e mais R$ 9 milhões no orçamento de 2022”, acrescentou. A Orla será construída da margem da ponte sobre o rio Acre até a região conhecida como goiabinha, na região central. “A cidade será colocada de frente para o rio. Assim temos projetos semelhantes em Rio Branco na Orla do XV e em Assis Brasil, todos com recursos já creditados em conta”, disse a parlamentar.

Somados os recursos das orlas previstas para execução nos três municípios: Rio Branco, Assis Brasil e Brasileia, até 2022 a previsão de investimentos neste setor de infraestrutura é de R$ 36,6 milhões, sem contar com adequações que serão feitas nos projetos. Aplaudida por uma multidão que lotou a praça Hugo Pole, em Brasileia, Vanda Milani reafirmou o compromisso de continuar investindo no município. Para ela, quem ganha com parcerias estabelecidas pelos governos federal, estadual e municipal é a população que mais precisa. Ela foi homenageada durante a solenidade de lançamento da Carreta Ambiental pela Colônia de Pescadores.

“Me sinto muito honrada por receber essa homenagem dos pescadores que representa o reconhecimento do nosso trabalho por todos. Brasileia tem um setor produtivo forte, tem um turismo forte por conta dos intercâmbios culturais e econômicos com Cobija e Pando, merece ter a chegada da cidade humanizada, valorizando a qualidade de vida de todos”, concluiu.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img