sábado, outubro 23, 2021
32.3 C
Rio Branco
sábado 23 outubro 2021

Ex-secretário é preso pela segunda vez em operação da PF contra fraudes em licitações

POR Redação Folha do Acre

O ex-secretário de comunicação da prefeitura de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, Paulo de Sá, foi preso pela segunda vez em operação da Polícia Federal contra fraudes em licitações de contratação de empresas para atuar na pandemia.

Nesta quarta-feira (13), a PF deflagrou a “Operação Engalobados” para combater fraudes na contratação de empresas para o fornecimento de testes de Covid-19 e locação de equipamentos laboratoriais por meio de dispensa de licitação feita pela Secretaria de Saúde de Cruzeiro do Sul. As fraudes podem ter gerado um prejuízo de mais de R$ 1,8 milhão ao município.

Sá foi secretário na gestão de Ilderlei Cordeiro, ex-prefeito da cidade e em fevereiro do ano passado foi um dos presos na Operação Presságio da PF, pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, quadrilha ou bando, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. O advogado do ex-secretário, Marcos Paulo Ciacci disse que vai se pronunciar posteriormente.

Além do secretário, a irmã do prefeito Ilderlei Cordeiro, a advogada e chefe de gabinete Idelcleide Cordeiro e mais três pessoas, entre funcionários da prefeitura e da ONG CBCN, que faz a coleta de lixo da cidade foram presos na época.

Na operação desta quarta, foram cumpridos 18 mandados judiciais, sendo 13 de busca e apreensão em empresas e residências situadas em Cruzeiro do Sul e Morrinhos (GO), quatro mandados cautelares de sequestro de bens; e um mandado de prisão preventiva. Ao todo, nove pessoas foram intimadas para prestar esclarecimentos.

G1

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img