quinta-feira, outubro 21, 2021
32.3 C
Rio Branco
quinta-feira 21 outubro 2021

Hospital no Acre está há uma semana sem médico para atender população

POR Redação Folha do Acre

Em Porto Walter há apenas um médico que atende por um período de 15 dias. O outro que atendia por mais uma quinzena foi embora. Sesacre informou que nova profissional deve chegar à cidade ainda nesta semana.

Mais uma cidade no interior do Acre enfrenta problemas pela falta de médicos para atender a população. Desta vez, o Hospital da Família, em Porto Walter, está há uma semana sem profissionais. A denúncia foi feita pela vereadora Cleide Silva, que procurou por atendimento após um pico de pressão e, ao chegar na unidade, não tinha médico para fazer o atendimento.

“Passei mal porque estava com problema na pressão, cheguei lá e não tinha médico. Fico assim não só por mim, porque era pressão alta, mas, ao chegar lá, pessoas estavam precisando, teve uma criancinha que chegou e não foi atendida porque não tinha médico. O enfermeiro disse que não tinha, fui na gerência e confirmaram”, contou.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), por meio da Coordenação da Regional do Juruá, informou que há uma dificuldade na contratação desses profissionais em todos os municípios, principalmente em localidades de difícil acesso. A Saúde disse ainda que uma profissional deve ser designada para atuar no município a partir de quinta-feira (7). (Veja nota na íntegra abaixo)

Em agosto, moradores da Cidade de Tarauacá também denunciaram demora no atendimento no hospital Dr. Sansão Gomes. Além de alguns relatos de muitos que não conseguem consulta por não apresentarem quadro de urgência e emergência, outros esperam por horas e acabam buscando atendimento particular, eles alegaram também falta de médicos.

Cleide disse que alguns atendimentos são feitos por enfermeiros. Ela relatou ainda que já trabalhou na unidade como técnica de enfermagem e que durante esse período já chegou a participar de um parto recebendo orientações de médico do Samu por telefone.

“Essa situação não é de agora. Sou técnica de enfermagem e trabalhei na unidade dois anos atrás e já enfrentava esse problema. E todos nós temos direito ao atendimento”, pontuou.

O g1 também entrou em contato com a direção do hospital e o diretor, Erasmo Sales, explicou que havia dois médicos no hospital e que a escala era dividida com atuação de cada um por um período de 15 dias, porém, um deles foi embora e por isso o hospital está esse período sem atendimento. Ele reafirmou que uma nova profissional deve chegar ainda esta semana.

“Tínhamos dois médicos no hospital e cada um atuava a cada 15 dias. Um deles mora aqui na cidade, quanto a esse não tem problema, só que o outro foi embora e temos dificuldade em contratar profissionais, não é nem culpa do governo, tinha um para vir, mas desistiu. Então, essa é a nossa dificuldade”, explicou.

Veja nota na íntegra:

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio da Coordenação da Regional do Juruá, sobre a falta de médicos em Porto Walter, esclarece que a contratação desses profissionais é uma dificuldade em todos os municípios, principalmente em localidades de difícil acesso.

Salienta, ainda, que uma profissional médica já irá atuar em Porto Walter a partir desta quinta-feira, 7, por um período de 15 dias corridos, sendo que o médico que já reside na cidade atenderá nos outros dias.

A Sesacre se coloca à disposição dos veículos de notícias e da população em geral para demais esclarecimentos, prezando sempre pela veracidade e responsabilidade da informação.

Catiana Rodrigues da Silva – Coordenadora Regional de Saúde do Juruá, Tarauacá e Envira

G1

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img