sábado, setembro 18, 2021
34.3 C
Rio Branco
sábado 18 setembro 2021

Acre é 2º estado com mais empresas que dependem exclusivamente do dinheiro público para sobreviver

POR Ac24horas

O Acre é o segundo Estado com mais número de empresas dependentes do recurso público para se manter. O Rio de Janeiro apresenta o maior número de empresas dependentes com 15 estatais nessa condição. O Acre tem 12. E é também o único no País onde não há outro tipo de estatal. Os dados estão no 3º Raio -X das Empresas dos Estados Brasileiros produzido pelo Tesouro Nacional.

Apesar de a região nordeste concentrar o maior número de estatais, ela possui a segunda menor média de estatais por Estado (10,7), devido à maior quantidade de Estados, quando comparada às demais regiões do país.

Os Estados da região norte possuem a menor quantidade média de estatais (7,5), e os Estados da região sudeste possuem a maior quantidade média de estatais (15,8). A média nacional é de 11,6 estatais por Estado.

Em termos relativos, 46% das empresas declaradas pelos Estados são dependentes, ou seja, 139 empresas do total de 302. O número de estatais por Estado varia de 3 a 26, sendo que alguns possuem apenas empresas dependentes, e outros apenas não dependentes.

Segundo a LRF: “empresa estatal dependente: empresa controlada que receba do ente controlador recursos financeiros para pagamento de despesas com pessoal ou de custeio em geral ou de capital, excluídos, no último caso, aqueles provenientes de aumento de participação acionária”.

O Distrito Federal lidera o ranking com um total de 26 empresas; seguido por Rio de Janeiro com 22; e Santa Catarina com 18 estatais. Entre os Estados com a menor quantidade de empresas controladas, temos Tocantins, Maranhão e Roraima, com respectivamente, 3, 5 e 5 empresas. Ao focalizar em empresas não dependentes, Distrito Federal lidera o ranking, com 19 empresas, seguido por Minas Gerais, com 14.

Ao examinar as empresas controladas de acordo com os segmentos empresariais, observa-se que os setores Financeiro, Saneamento, e Habitação e Urbanização são os mais representativos, com 35, 28 e 25 empresas, respectivamente. Entre os segmentos com menor número de empresas, destacam-se os setores de Mineração, com 6 empresas, e de Saúde, com 5 empresas.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img