segunda-feira, setembro 27, 2021
26.3 C
Rio Branco
segunda-feira 27 setembro 2021

Mara Rocha enfrenta PSDB para defender Bolsonaro: “Sirvo antes de partido o meu país”

POR GINA MENEZES

A deputada federal Mara Rocha usou as redes sociais na manhã de quinta-feira (9) para afirmar que não concorda com a decisão do PSDB nacional de fazer oposição ao presidente Jair Bolsonaro e o início da discussão sobre os crimes de responsabilidade.

Em tom de revolta, Mara Rocha afirmou que a decisão do partido não foi unânime, que se os governadores querem afrontar o presidente da República que usem seus mandatos e que antes de servir ao partido ela serve ao país.

A parlamentar afirmou que foi pega de surpresa com a decisão do ninho tucano com relação a Bolsonaro.

“Fiquei surpresa com a postagem feita pelo PSDB onde anuncia oposição ao governo Bolsonaro e o início das discussões sobre crimes de responsabilidade. Eu quero dizer que essa decisão foi entre os poucos parlamentares que compareceram à reunião, a grande maioria não concorda com essa postagem, com essa decisão. Diversos parlamentares são contrários e não participaram dessa reunião, portanto, não foi unânime”, disse a deputada.

No vídeo divulgado em rede social, Mara se contrapõe à decisão do partido e diz que o Brasil está acima de siglas partidárias.

“Sou a favor da legalidade e antes de servir a um partido eu sirvo ao meu país. Se governadores querem afrontar o presidente da República que usem seus mandatos”, frisou.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img