domingo, setembro 19, 2021
27.3 C
Rio Branco
domingo 19 setembro 2021

CPI do transporte em Rio Branco pode ser “enterrada” após manobra de partidos

POR Redação Folha do Acre

Uma suposta manobra de partidos políticos pode por fim à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que foi protocolada pela vereadora Michelle Melo (PDT) na Câmara Municipal para apurar possíveis irregularidades no sistema do transporte coletivo de Rio Branco.

Segundo informações publicadas na imprensa, até o momento nenhum partido político com representatividade na Câmara de Vereadores indicou nome dos integrantes da comissão. Como a comissão tem data para prescrição, a investigação pode acabar sendo “enterrada”

Apesar da CPI ter aval e parecer jurídico para a criação, os vereadores não estariam dispostos a participar da comissão para não se “queimarem” com a população, haja vista, que com a abertura da CPI o transporte coletico teria que ser suspenso para que ocorrem as investigações.

Segundo os vereadores, o início dos trabalhos da Comissão deixaria Rio Branco sem funcionamento do transporte e em meio a pandemia que o sistema já se encontra em uma situação ruim, ficaria deplorável.

Até o momento, o que se sabe é que apenas o PDT formalizou a indicação de Michelle Melo (PDT) para a composição da CPI e que o MDB formalizará a indicação do vereador Emerson Jarude e os outros partidos deram ainda não indicaram os seus respectivos membros. A CPI teria cinco membros, mas até o momento, só houve a indicação formal de apenas uma parlamentar.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img