sábado, setembro 25, 2021
32.3 C
Rio Branco
sábado 25 setembro 2021

CPI do transporte coletivo é protocolada na Câmara e depende agora de N. Lima acatar

POR A Tribuna

Requerimento da CPI do transporte coletivo já foi protocolado na câmara de vereadores de Rio Branco, e, agora, depende do presidente da mesa diretora, vereador N. Lima, acatar o pedido e colocar em discussão na próxima sessão, na quinta-feira, para a escolha dos membros.

A vereadora Michele Melo, autora do requerimento e a responsável por coletar as 9 assinaturas que deram origem a CPI pode ser a relatora. Serão escolhidos 5 membros que terão 180 dias para analisar os contratos com as empresas do transporte coletivo.

Segundo Michele, alguns documentos já estão em suas mãos, agora, usando poder da comissão, vai requisitar mais material na prefeitura e nas 3 empresas detentoras do serviço. Antes mesmo de funcionar já existe uma pré lista das pessoas que serão convocadas para explicar principalmente os aumentos das tarifas nos últimos anos.

Aproveitando o movimento da CPI do transporte coletivo e a operação da polícia civil há duas semanas para apurar as denúncias de superfaturamento no programa de instalação de lâmpadas de led, pode surgir outra CPI na câmara. O vereador Emerson Jarude, quer voltar a passar a lista e tentar conseguir 6 assinaturas para montar a comissão. Na última vez que tentou aprovar o requerimento conseguiu apenas 4 assinaturas. Agora ele disse que consegue as outras duas.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img