sábado, setembro 25, 2021
32.3 C
Rio Branco
sábado 25 setembro 2021

Acre tem o maior volume de queimadas dos últimos 16 anos

POR Ac24horas

A quantidade de focos de queimadas no Acre se acentuou nos últimos três dias após ter apresentado uma leve redução, na semana passada, em comparação com os dados do ano passado para o período de 1º de janeiro a 23 de agosto.

De acordo com os dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o número de focos de calor detectados no estado neste ano pelo satélite de referência AQUA Tarde está 29% acima do volume registrado em 2020.

Com base na série histórica do Inpe, que começa em 1998, apenas em 2005, quando ocorreu o maior desastre ambiental do estado, com milhares de hectares esturricados na Resex Chico Mendes, o Acre teve mais focos de queimadas do que em 2021 nesse período.

Neste ano, o estado acreano acumula 2.750 focos de queimadas. Considerando-se apenas o mês de agosto, são 2.222 focos, dos quais 271 foram detectados apenas nas últimas 48 horas. A maior parte desses registros ocorre na área central do estado, onde estão os municípios de Feijó e Tarauacá.

Os dois municípios vizinhos detêm 48,4% do total de queimadas em todo o estado. A situação mais gritante é a de Feijó, que tem 804 registros de focos de queimadas em 2021, o que corresponde a 29,2% do total do Acre. Tarauacá é o segundo com 527 focos de queimadas, o que representa 19,2% do total do estado.

Qualidade do ar

A concentração de fumaça nos céus acreanos continua alta, de acordo com as imagens do satélite. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o limite recomendado para o período de 24 horas é de 25 µg/m³ (microgramas por metro cúbico) de material particulado no ar.

Nas últimas semanas, mais de uma dezena de municípios acreanos têm apresentado médias diárias de até duas vezes acima desse nível, o que coloca em risco a saúde das pessoas que se expõem a essas condições de poluição, especialmente as mais sensíveis, como crianças e idoso.

Nesta segunda-feira, 23, por volta das 22 horas, o sensor do Sistema de Monitoramento da Qualidade do Ar, instalado na sede do Ministério Público do Estado do Acre, em Rio Branco, indicava o valor médio para um dia de 63 µg/m³, quase três vezes acima do limite da OMS, um dado preocupante para a saúde humana.

Previsão de chuvas

O prognóstico do Satélite NOAA/NCEP-GFS/USA para o período de 23 a 28 de agosto indica previsão de chuva com volume acumulado na semana de até 25 mm para os municípios de Mâncio Lima e Rodrigues Alves indicando anomalia positiva, onde as chuvas deverão ficar acima da normalidade para o período.

Nos demais municípios da região Oeste, a previsão é de até 20 mm de chuva e na região Leste de até 15 mm. Ambas indicam anomalia negativa e neutralidade, onde as chuvas deverão ficar abaixo da normalidade para o período.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img