segunda-feira, setembro 27, 2021
32.3 C
Rio Branco
segunda-feira 27 setembro 2021

“Nem esquerda, nem direita e, sim, oportunismo”, diz Mara Rocha sobre Minoru Kinpara

POR GINA MENEZES

A deputada federal Mara Rocha (PSDB) escreveu artigo onde critica o ex-aliado tucano, Miroru kinpara (PSDB), que passou a integrar o grupo de apoio ao governador Gladson Cameli (PP). Mara diz que esperou a nomeação da esposa de Kinpara ser publicada em Diário Oficial para dizer o que pensa a respeito do correlegionário. Mara diz que Kinpara não é nem de esquerda e nem de direita e, sim, um oportunista.

Veja o artigo na íntegra:

O homem e seu preço: Nem esquerda, nem direita, ficou muito claro que não existe uma identidade e sim oportunismo.

Esperei sair no diário oficial para me manifestar, pois não estava acreditando em tamanha ingratidão.

Estou muito decepcionada com o professor Minoru Kinpara e sua esposa Degmar, em apoiar a reeleição do governador Gladson Cameli que tanto trabalhou contra a candidatura dele à prefeitura de Rio Branco. Como muitos têm seu preço, a mudança de planos foi a nomeação da esposa no Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais do Acre, divulgada hoje no Diário Oficial.

Enfrentei o governador de São Paulo João Doria e o presidente Nacional do PSDB Bruno Araújo, me indispondo com o partido para manter a candidatura do Minoru a prefeito de Rio Branco. O Acre inteiro acompanhou minha luta.

Enquanto Gladson Cameli fazia acordo com o governador de São Paulo para se filiar ao PSDB em troca da retirada da candidatura do Minoru, e enquanto o Presidente Estadual do PSDB se escondia da campanha e trabalhava para derrubar Minoru Kimpara, eu, Mara Rocha briguei para que a candidatura fosse mantida e fui para as ruas pedir votos e defender o nome de Minoru Kimpara para a prefeito de Rio Branco. Assim também fizeram os muitos do PSDB que foram demitidos por apoiá-lo.

Para nossa surpresa veio a ingratidão e traição. Mesmo garantindo que caminharia conosco nas eleições de 2022, alegando reconhecer a nossa luta para mante-lo candidato, Minoru se alia ao ” Rei de Araque ” que tem o dom de iludir e mentir, e ao seu bando que lutou para retirar sua candidatura.

Com todo respeito ao professor Minoru Kimpara e a sua esposa Degmar, afirmo que desleais não sobrevivem por muito tempo na política.

Da vivência que tive na caminhada com o professor Minoru Kimpara, além da decepção, ficou muito claro de que não existe uma identidade e sim oportunismo de um político aventureiro que não cabe nem na esquerda e nem na direita.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img