segunda-feira, setembro 27, 2021
26.3 C
Rio Branco
segunda-feira 27 setembro 2021

Pesquisador diz que rio Acre está morrendo e que pode não conseguir abastecer Rio Branco

POR Redação Folha do Acre

Em encontro na Câmara de Vereadores de Rio Branco, o pesquisador Claudemir Mesquita, alertou que o rio Acre está morrendo, agonizando e que nos próximos anos o manancial pode não ter mais água suficiente para abastecer a capital quando chegar o período seco. Para ele, o Acre está 30 anos atrasado na recuperação do rio. “Nosso rio está morrendo, vem agonizando há tempos, e ninguém faz nada. Vamos ter um grande prejuízo no futuro quando faltar água nos lares”, revelou Mesquita.

Nessa quinta-feira (19), o rio Acre amanheceu marcando 1:42 mt. Nunca esteve tão baixo no mês de agosto. A mínima do rio, registrada pela Defesa Civil é de 1:30 mt, mas no período de maior estiagem, na segunda quinzena do mês de setembro.

Convidado para falar sobre o rio na sessão da câmara de Vereadores de Rio branco, o pesquisador Claudemir Mesquita, foi enfático: “Se começarmos agora o processo de recuperação do rio, ainda precisaremos de mais 20 anos para dar um pequeno equilíbrio”, disse.

O pesquisador disse que se não se correr contra o tempo, os prejuízos não serão apenas na capital, vai afetar outros cinco municípios que são abastecidos diretamente pelo rio Acre. “Além do rio Acre, precisa-se recuperar também os afluentes e igarapés que existiam nas cidades e que hoje viraram esgoto a céu aberto”, completou.

A Tribuna

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img