segunda-feira, setembro 27, 2021
32.3 C
Rio Branco
segunda-feira 27 setembro 2021

Eleitores criticam Bocalom por prometer abrir “caixa preta” do transporte, mas até agora nem tocou no assunto

POR Redação Folha do Acre

Após a vereadora de Rio Branco, Michelle Melo, afirmar que conseguiu seis assinaturas  de colegas parlamentares para pedir a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), nesta quarta-feira (18), leitores do jornal Folha do Acre lembraram que durante a campanha eleitoral o prefeito Tião Bocalom prometeu abrir a “caixa preta” do transporte coletivo, mas até agora não tocou mais no tema.

A vereadora do PDT pedirá abertura de CPI para investigar supostas condutas ilícitas no transporte coletivo de Rio Branco e também para cobrar explicações sobre aporte financeiro da prefeitura às empresas de transporte da capital.

Para a vereadora, os problemas no serviço e a situação dos trabalhadores, além de denúncias sistemáticas podem ser apenas o início de um grande esquema de corrupção. “O prefeito Tião Bocalom afirmou categoricamente que ir abrir a caixa-preta do transporte público e até hoje não vimos absolutamente nada”, lembrou Michelle Melo.

Leitores da Folha do Acre criticam o prefeito por prometer fiscalizar as empresas, mas o que acabou fazendo foi oferecer cerca de R$ 2 milhões em aporte financeiro aos donos das empresas.

“Ainda não deu tempo do Bocalom abrir a tal “caixa preta”? Prefeito inapto e perdido”, disse um dos leitores da Folha.

“E tal “caixa preta” vai ser aberta quando? Incompetente!”, escreveu Karine Souza.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img