segunda-feira, setembro 27, 2021
32.3 C
Rio Branco
segunda-feira 27 setembro 2021

Ex-jogador Josy Braz cobra na Justiça do Trabalho R$ 400 mil do Galo

POR Manoel Façanha

Durante o pré-jogo do último domingo (1º), no estádio Florestão, envolvendo Atlético-AC e Castanhal-PA, pela fase de grupos do Campeonato Brasileiro da Série D, equipe da Rádio Difusora Acreana noticiou que o ex-atleta e técnico Josy Braz move uma ação na Justiça do Trabalho contra o Atlético Acreano.

O valor da pedida do ex-atleta chega à cifra de R$ 400 mil. E só lembrando que Josy Braz, após ser alvejado com um tiro disparado por um delinquente numa das pernas na “Casa do Atleta”, CT do Galo Carijó, na temporada de 2016, jamais retomou à atividade de atleta profissional.

Também a título de registro, o clube já foi condenado neste ano a pagar uma dívida trabalhista com o roupeiro “Rambo” no valor de R$ 69 mil (clube informou na imprensa que o débito já foi sanado junto ao representante do profissional). O ex-jogador Ailton e o preparador físico Maurício Carneiro também estão colocando o clube na Justiça.

A respeito das novas ações trabalhistas, o clube se pronunciou na imprensa (Rádio Difusora Acreana) e informou que vai acionar a assessoria jurídica da agremiação para cuidar dos casos.

Só lembrando que o Rio Branco quase desapareceu do cenário futebolístico acreano de tanto pagar dívidas trabalhistas.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img