terça-feira, novembro 30, 2021
24.3 C
Rio Branco
terça-feira 30 novembro 2021

Bittar diz que é a favor do veto ao aumento do fundo eleitoral e defende financiamento privado de campanha

POR GINA MENEZES

Após o presidente Jair Bolsonaro voltar a afirmar na última terça-feira (20) que vai vetar o aumento do fundo eleitoral para R$ 5,7 bilhões de reais, o senador acreano Márcio Bittar, relator do orçamento, afirmou que apoiará o veto presidencial.

Em entrevista à Folha do Acre, na manhã de quarta-feira (21), Márcio afirmou que votou no aumento do fundo que saltou de R$ 2 para quase R$ 6 bilhões de reais apenas porque ele chegou para votação atrelada à peça orçamentária, mas que nunca concordou com o financiamento público de campanha.

“Minha mudança de postura tem uma justificativa. Quem me conhece sabe que eu defendo o financiamento privado de campanha, desde que seja feito com algumas ressalvas. Votei porque chegou junto com a peça do orçamento, eu sou da base e voto junto, mas se o presidente decidir por vetar eu o apoio”, diz.

A respeito da polêmica envolvendo o fundão, como é chamado o fundo eleitoral, é importante lembrar que o Congresso aprovou o valor de R$ 5,7 bilhões, quase o triplo de 2020, o que gerou reação na sociedade. Bolsonaro pode vetar, só que seus aliados, inclusive os filhos, votaram a favor da proposta.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img