quarta-feira, julho 28, 2021
25.3 C
Rio Branco
quarta-feira 28 julho 2021

Operação investiga crimes sexuais contra crianças e adolescentes no Acre

POR

Polícia verifica denúncias de crimes contra crianças e cumpre mandados contra investigados por estupro de vulnerável.

A Polícia Civil do Acre faz nesta sexta-feira (16) as etapas finais da Operação Acalento para cumprimento de prisões, abertura e conclusão de investigações referentes a crimes sexuais contra crianças e adolescentes no estado.

A polícia não divulgou os locais aonde os mandados estão sendo cumpridos no Acre e nem a quantidade.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) está verificando denúncias de crimes contra crianças e cumprindo mandados o contra investigados por estupro de vulnerável.

A delegada responsável, Juliana De Angeli confirmou que a operação ocorre em cidades do Acre, mas afirmou que ainda não pode dar detalhes do que estava sendo cumprido. Ainda nesta sexta, ela disse que deve repassar o resultado da operação.

A Operação Acalento é realizada em todos os estados desde o início de junho e coordenada pelo Ministério da Justiça, por meio da Secretaria de Operações Integradas. Em todo país estão sendo cumpridos nesta sexta 374 mandados de prisão.

A investigação teve início no dia 4 de junho e, segundo o ministério, foi desencadeada após a morte de Henry Borel, no Rio de Janeiro. O menino de quatro anos morreu no dia 8 de março, segundo a polícia, em consequência de agressões cometidas pelo ex-companheiro da mãe, o ex-vereador Dr. Jairinho.

Desde então, as forças de segurança atenderam 16 mil vítimas no país e prenderam cerca de 800 suspeitos de agressão.

O objetivo, segundo a pasta, é “coibir todo tipo de violência”, como maus-tratos, exploração sexual e tortura. Ao todo, 6.400 agentes estão nas ruas.

G1

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img