sábado, julho 24, 2021
19.3 C
Rio Branco
sábado 24 julho 2021

Cerca de 4,5 mil alunos da rede municipal de Rio Branco desistem da escola pública

POR

A Secretaria Municipal de Educação prevê 21.500 alunos matriculados na pré-escola e no ensino fundamental, mas somente 17 mil pais compareceram as escolas da rede municipal para confirmar a matrícula dos filhos. Diante de uma evasão de 4.500 alunos, a equipe de gestão da Semec se reuniu no dia de ontem para tratar das estratégias de retomada do programa de Busca Ativa destes alunos que estão de fora da escola. “Acreditamos que com a retomada das aulas presenciais no 3º bimestre, alguns pais resolvam matricula-los” , observou o coordenador de ensino da Semec, professor João Lima.

Antes da chegada da pandemia a rede municipal de ensino contabilizava 24.514 alunos matriculados no ano passado. A secretária municipal de Educação, Nabiha Bestene tem percorrido as escolas dialogando com os gestores, em busca de localizar estas famílias que não retornaram para renovar a matrícula dos filhos.

A previsão que pelo menos 25 mil alunos se matriculasse no ensino fundamental, pois cerca de 10 mil estudantes fazem parte destas famílias assistidas pelo Programa Bolsa Família (PBF). Sem computador em casa, nem leptop muitas destas crianças matriculadas na pré-escola, no fundamental –I que corresponde do 1 ao 5 Ano, inclusive os adolescentes do fundamental –II composto pelo 6 ao 9 Ano, não tem condições de acompanhar as aulas não presenciais, através do sistema remoto.

Cerca de 470.545 alunos desistiram de renovar a matrícula no fim do ano passado, segundo os dados preliminares do Censo Escolar deste ano. O levantamento apontou que a maior redução de matrículas no ensino fundamental, com 262.993 a menos em comparação com os indicadores de 2020/2019, seguido do EJA que contabilizou uma queda de 234 mil no fundamental e médio. O Censo 2019 registrou 36.611.223 matrículas, enquanto no ano passado caiu para 36.140.678, que corresponde por uma redução de 470.545 alunos fora do escola no país.

A União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) fez um encontro com representantes de todas as Secretarias Municipais de Educação, para discutir o novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Durante o encontro, no auditório da Associação dos Municípios do Acre (Amac) na última segunda-feira (dia 12), ,foram apresentadas as novas mudanças no Fundo de aplicações progressiva, entre os anos de 2021 até 2026.

A Tribuna

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img