quarta-feira, agosto 4, 2021
18.3 C
Rio Branco
quarta-feira 04 agosto 2021

Prefeitura de Rio Branco demite 180 porteiros de escolas e diretores pressionam Bocalom

POR

A Prefeitura de Rio Branco não contará mais com os serviços de 180 agentes de portaria que prestavam serviços na Secretaria Municipal de Educação (Seme). Os profissionais terceirizados foram demitidos sem maiores esclarecimentos.

Essa não é a primeira vez que servidores terceirizados são demitidos na gestão Bocalom.

A reportagem entrou em contato, na manhã de quinta-feira (1), com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Rio Branco que afirmou que as dispensas aconteceram porque acabou o contrato com a empresa terceirizada.

“O contrato n° 122/2015 foi encerrado em 30/06/21 após atingir o limite de prorrogação permitido pela lei de licitação. Com o fim dos 72 meses de contratação encerrou-se o vínculo contratual entre a Seme e a empresa terceirizada. Por opção da empresa JWC Multiserviços não dar o aviso prévio aos empregados, deixando por indenizá-los ou para que os mesmos cumprissem em casa”, diz a nota da prefeitura.

Na manhã desta quinta-feira, um grupo de diretores de escolas estiveram na Seme para cobrar explicações da prefeitura sobre as demissões. Os diretores alegam que não tem como retomar as aulas sem os serviços dos agentes de portarias.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img