domingo, agosto 1, 2021
23.3 C
Rio Branco
domingo 01 agosto 2021

“Falta de humanidade”, classificou Leo de Brito sobre o descaso do governo com a Casa Souza Araújo

POR

O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) usou as redes sociais na tarde desta quinta-feira, 24, para cobrar o governo do Estado providências em relação a retomada do convênio com a Casa de Acolhida Souza Araújo.

A manifestação do parlamentar se deu após a divulgação de um vídeo pelo padre Jairo Coelho, onde relata que o governo não renovou convênio com a unidade que atende hansenianos e hoje cortaram o fornecimento de energia elétrica do local.

Leo de Brito pediu compaixão a Gladson Cameli.

“Falta de humanidade, só podemos classificar assim o que o governo do Estado está fazendo com as pessoas que residem na Casa de Acolhida Souza Araújo. O governo não pode fugir às suas responsabilidades de prestar assistência a saúde aos hansenianos que residem naquela unidade. Eu e o Zen estamos há meses cobrando providências e pedindo a compaixão do governo Gladson para com aquelas pessoas. Infelizmente a situação não foi resolvida e só piora, como relatou o padre Jairo, hoje cortaram a energia. Um absurdo, gente! Esse valor pro governo é nada, o que falta é vontade de resolver a situação. Vamos continuar cobrando providências até que a situação seja solucionada”.

A Casa de Acolhida Souza Araújo existe há 55 anos e atualmente acolhe 25 pessoas. Desde 2020 deixou de receber recursos do Governo do Estado através da subvenção social aprovada pela Assembleia Legislativa que permitia repasses mensais para a manutenção das obras sociais da Igreja Católica. O valor repassado à Casa Souza Araújo era de R$ 220 mil mês.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img