sábado, julho 24, 2021
21.3 C
Rio Branco
sábado 24 julho 2021

O QUE JÁ TE FALARAM SOBRE: “TRABALHO HÍBRIDO”

POR

Fatos e formatos sobre o sistema mais desejado pelas empresas hoje. Como é? Como funciona?

A pandemia acelerou um futuro que demanda preparo das empresas para unir gestão off-line e gestão online, o cenário presencial ao virtual criado pelo modelo híbrido de trabalho. Que demanda preparo das empresas para unir gestão off-line e gestão online, o cenário presencial ao virtual criado pelo modelo híbrido de trabalho.

Mas não se iluda, o híbrido é mais difícil que o 100% remoto. Os desafios de lidar ao mesmo tempo com pessoas dentro e fora do escritório são outros. É comum que, quem está fora da bolha do escritório ser sutilmente deixado de fora, gerando silos (Silos organizacionais são um problema para grandes e pequenas empresas. Quando se diz que as equipes estão “trabalhando em silos”, isso significa que elas estão desconectadas da organização como um todo. Como resultado, surgem dificuldades, falhas na comunicação e uma infinidade de problemas.) e subculturas na empresa.

O escritório não voltará a ser o que era.

O trabalho será cada vez mais descentralizado e desvinculado do mundo físico. Escritórios terão um formato mais pensado para a colaboração, conexão, representação da cultura e da marca.

Quando a pandemia do COVID19 começou a se agravar no Brasil em março de 2020, muitas empresas nem sequer tinham experimentado tocar seu negócio de forma remota. Todavia, a rápida necessidade de isolamento social fez com que essa adaptação tivesse que acontecer abruptamente.

Após alguns meses do início da pandemia, algumas empresas estudam voltar a suas atividades em uma espécie de meio a meio, o que no ramo corporativo é conhecido como, modelo de trabalho híbrido.

Mas como implementar o modelo de trabalho híbrido com segurança e eficiência?

Assim como qualquer novidade, o trabalho híbrido precisa ser implementado por meio de uma política que leve em consideração uma série de fatores importantes para que empresas e colaboradores saiam ganhando. “Esta nova realidade exigirá das organizações o investimento em treinamento (capacitação) de seus funcionários, aquisição de softwares específicos, adequação da ergonomia dos espaços em home Office e a revisão do modelo organizacional com valores mais orgânicos e flexíveis”, ressalta.

Wellbot (robô virtual) de bem-estar da Vidalink – também pode ajudar

A Vida é o wellbot (robô virtual) de bem-estar da Vidalink criado para promover a mudança de hábitos e o fortalecimento emocional dos profissionais dentro e fora do ambiente de trabalho, por meio de trilhas de conteúdo criadas com exclusividade por especialistas em desenvolvimento comportamental (médicos, psicólogos, nutricionistas, educadores físicos e coaches).

ADRIANO GONÇALVES
Master Coalching in Business Administration

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img