quarta-feira, agosto 4, 2021
18.3 C
Rio Branco
quarta-feira 04 agosto 2021

“Ações desse porte devem ser contra traficantes e não contra quem gera emprego”, diz Gonzaga sobre operação contra pecuarista

POR

Deputado estadual repudiou operação do Mapa, com uso do Exército, na propriedade do pecuarista Jorge Moura

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Luiz Gonzaga (PSDB), se posicionou na quarta-feira (16) sobre a operação do Ministério da Agricultura (Mapa) e Exército na propriedade do pecuarista Jorge Moura, em Capixaba, ocorrida no ínicio da semana.

Gonzaga se solidarizou com o pecuarista e afirmou que espera que ações desse porte, com uso da polícia e Exército, sejam usadas contra traficantes e facções nas fronteiras do Acre com países como Bolívia e Peru.

“Poderia não haver intenção, mas intimou. Seria interessante ver ações desse porte junto aos traficantes e facções que fazem de Rio Branco uma das 50 cidades mais violentas do mundo. Jamais com aqueles que geram emprego, renda e ajudam o Acre crescer”, afirmou o deputado tucano.

O parlamentar disse, ainda, que respeita o Exército Brasileiro, mas reconhece que houve exagero na operação.

“Tenho muito respeito pelo Exército Brasileiro, pelos serviços prestados ao Acre e principalmente Cruzeiro do Sul, são os desbravadores da BR-364, mas essa ação era desnecessária. Imagine você, na sua casa com a sua família, e chegar um caminhão com soldados todos armados. Será que não intimida?”, questionou.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img