terça-feira, agosto 3, 2021
23.3 C
Rio Branco
terça-feira 03 agosto 2021

Ministério Público investiga 30 mil doses de vacinas paradas em Rio Branco

POR

Vereador Emerson Jarude entrou com representação

A demora na vacinação contra a covid-19 em Rio Branco foi parar no Ministério Público do Estado do Acre. O vereador Emerson Jarude, do MDB, entrou com uma representação junto ao órgão para investigar o motivo de quase 30 mil doses estarem paradas.

O pedido de apuração do parlamentar salienta um possível ato de irregularidade cometido tanto pelo prefeito Tião Bocalom, do Progressistas, como pelo secretário municipal de Saúde, Frank Lima, a respeito do atraso da vacinação. De acordo com o Portal da Transparência da Prefeitura de Rio Branco, o município recebeu 98.891 doses desde 19 de janeiro, mas aplicou 69.932.

“Infelizmente, enquanto outros municípios do interior estão chegando ao público de 40 anos neste final de semana, no ritmo que nossa capital está isso só vai ocorrer no próximo mês. É preciso celeridade, Rio Branco poderia neste momento, por exemplo, estar realizando um mutirão de vacinação, mas infelizmente não é a estratégia adotada pela prefeitura”, afirmou Emerson Jarude.

Muitas capitais estão promovendo mutirões de imunização durante os finais de semana, inclusive com a temática de festa junina. Manaus, por exemplo, vacinou 140 mil pessoas entre 12 e 13 de junho. A falta de uma ação mais enérgica de comunicação e de planejamento por parte da prefeitura também é destacado na representação.

agazeta.net

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img