Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Gonzaga pede ao governo instalação de casas de farinha automatizadas após Acre perder espaço na venda do produto

Publicado

on

Acre perde espaço para o Paraná na venda de farinha e Gonzaga pede apoio do governo para estado reagir no mercado

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Luiz Gonzaga (PSDB), usou sua fala na sessão desta quarta-feira (9) para fazer um alerta sobre a queda na valorização da farinha de Cruzeiro do Sul e demais cidades do Juruá.

Gonzaga, que luta desde o seu primeiro mandato pelo desenvolvimento do Acre através da produção agrícola, mostrou-se preocupado com a queda nos preços da saca da farinha acreana devido uma diminuição na procura pela comercialização do produto.

”Nós estamos perdendo mercado para o estado do Paraná, onde a produção da farinha naquele estado é industrializada sendo produzida por um custo muito menor. Só para se ter uma ideia este ano a saca da farinha passou de R$ 250 reais para R$ 140. E o preço tende a cair ainda mais, pois o Paraná tem conquistado a venda de farinha no Amazonas, Pará e Rondônia”, alerta o deputado.

O parlamentar tucano pediu apoio do governo do Acre para ajudar os produtores de farinha nas cidades do Juruá. Ele pede a instalação de casas de farinha automatizadas para diminuir o tempo de produção e produzir uma farinha de melhor qualidade com menor custo.

”O governo precisa reagir diante dessa desvalorização da farinha do nosso estado. Muitos produtores dessas cidades ganham seus sustentos devido à produção da farinha. A solução é a instalação de casas de farinhas automatizadas para diminuir o tempo e custo da produção para competir com o Paraná. Temos a melhor farinha e não podemos perder espaço para outros estados”, concluiu.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas