Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Agiota pode ter sido o mandante de assassinato de ex-prefeito

Publicado

on

A morte do ex-prefeito de Plácido de Castro, Gedeon Barros, de 52 anos, morto a tiros na manhã de quinta-feira, 20, tem indícios de execução encomendada. A polícia já teria, inclusive, o nome do possível mandante do crime.

A reportagem do ac24horas recebeu informações de membros da equipe que trabalhou na gestão do tucano na prefeitura de Plácido de Castro que a morte tem a ver com agiotagem.

Segundo a fonte, que pediu sigilo na identidade, por conta de Barros não ter feito o pagamento, foi ameaçado de morte. A ameaça foi revelada supostamente à esposa, que já prestou depoimento à polícia e se encontra sob escolta policial.

Os assassinos realizaram o crime em uma moto vermelha e sem placa. Após o crime, eles teriam fugido para a região do bairro Belo Jardim, mas ainda não foram capturados.

O delegado que investiga o caso, Marcos Cabral, contou que continua investigando o crime em sigilo para não atrapalhar as investigações. “Estamos em diligências e não podemos dar maiores informações sobre o caso”, declarou.

Cabral destacou, ainda na quinta-feira, que o laudo da perícia criminal deverá ser finalizado em até 30 dias.

Ac24horas

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas