Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Bolsonaro repete o filho, chama Renan de vagabundo e vê crime na CPI da Covid

Publicado

on

Ao lado de Arthur Lira (PP) e Fernando Collor (Pros), Bolsonaro participa de inauguração de casas em Maceió

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) repetiu o seu filho, senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e chamou o relator da CPI da Covid, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) de vagabundo nesta quinta-feira (13) em Maceió.

“Sempre tem algum picareta, vagabundo, querendo atrapalhar. Se Jesus teve um traidor, temos um vagabundo inquerindo pessoas de bem no nosso país. É um crime o que vem acontecendo com essa nessa CPI”, disse o presidente em discurso no estado que é base eleitoral de Renan Calheiros.

A sessão da CPI desta quarta-feira (12) foi encerrada após o senador Flávio Bolsonaro entrar em rota de colisão ( com o senador alagoano Renan Calheiros, relator da CPI. No bate-boca, Flávio Bolsonaro chamou Renan Calheiros de vagabundo.

Durante o ato em Alagoas, apoiadores do presidente também gritaram “Renan vagabundo”. O presidente observou em silêncio e sorriu. Bolsonaro também aproveitou o ato para fustigar o ex-presidente Lula (PT), a quem chamou de “aquele ladrão de nove dedos”.

Folha de São Paulo

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas