Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Governo entra em ação e CPI da Educação não irá ser instaurada

Publicado

on

A máquina do governo parece ter operado fortemente nos bastidores nos últimos dias e dois dos 9 parlamentares que assinaram o requerimento para instauração da CPI da educação irão retirar suas assinaturas.

Na noite de segunda-feira (10) o deputado Fagner Calegário postou em suas redes sociais uma visita que fez a Socorro Neri, nova secretária de Educação. O parlamentar se mostrou otimista com a promessa de pagamento a servidores terceirizados. Ele é apontado como um dos deputados que irá retirar a assinatura.

Outro deputado que poderá retirar a assinatura do documento é o petista Jonas Lima. Se os dois parlamentares retirarem as assinaturas a CPI ficará comprometida pelo fato do documento não conter assinaturas suficientes que deve ser 8.
Vale lembrar que mesmo dois deputados oposicionistas indicando mudança de ideia quanto a CPI, os três deputados do MDB, partido aliado, continuam firme em suas posições e querem a instalação da comissão.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas